Acusado de corrupção, Michel Platini é detido na França
Foto: Divulgação / UEFA

Acusado de corrupção, Michel Platini é detido na França

Ação aconteceu na manhã dessa terça-feira (18); O ex-presidente da UEFA é suspeito de cometer irregularidades para escolha do Catar como sede da Copa de 2022

sandroquintanilha
Sandro Quintanilha

No início da manhã dessa terça-feira (18), o ex-presidente da Uefa Michel Platini, foi detido na cidade de Paris. O dirigente é investigado pela promotoria francesa em um possível caso de corrupção, envolvendo a escolha do Catar para sediar a Copa do Mundo de 2022.  

Segundo informações do jornal "Le Monde”, o foco da operação é apurar irregularidades em um almoço organizado no Palácio do Eliseu, sede do governo francês, em 2010. No evento estavam presentes o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, Michel Platini, o Emir do Catar, Tamim Ben Hamad Al Thani, e o então primeiro ministro dos emirado, Sheikh Hamad.

Em 2015, Platini foi banido de qualquer atividade envolvendo  futebol por oito anos, acusado de ferir o código de ética da FIFA ao aceitar um repasse de 1,8 milhões de euros autorizado pelo então presidente da entidade, Joseph Blatter, referente a trabalhos realizados entre 1998 e 2002.

A eleição do país árabe, que derrotou a candidatura dos Estados Unidos, também levantou suspeitas sobre cartolas sul-americanos, principalmente sobre o papel de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF. Atualmente, o brasileiro é alvo de investigações na Suíça, sede da FIFA.

VAVEL Logo