Em temporada conturbada, Arsenal demite técnico Unai Emery
Foto: Divulgação/Arsenal

Após derrota para Eintracht Frankfurt na Europa League, o Arsenal confirmou na manhã desta sexta-feira (29), a demissão do técnico Unai Emery, após 18 meses no comando do clube inglês.

Em nota oficial, o Arsenal comunicou o motivo da demissão e confirmou que Freddie Ljungberg, ex-meia do clube, comandará a equipe interinamente: "A decisão foi tomada pelos resultados e as atuações não estarem à altura. Pedimos a Freddie Ljungberg para que assuma a responsabilidade do time principal como técnico interino. Temos confiança de que Freddie nos levará para frente. A busca por um novo treinador já começou, faremos um novo anúncio quando o processo estiver completo."

Os Gunners estão há sete jogos sem vencer, sendo quatro empates e três derrotas. Na Premier League, ocupa a oitava colocação com 18 pontos. Em relação ao primeiro time dentro do G-4, grupo que se classifica para a próxima edição da Champions League 2020-21, o Arsenal está há oito pontos. Já para o Liverpool, líder da competição, a diferença é ainda maior. São 19 pontos. Além disso, a equipe de Londres foi eliminada nas oitavas de finais da Copa da Liga Inglesa.

Na atual edição da Europa League, a classificação para a próxima fase ainda não foi confirmada. Após derrota para o Eintracht Frankfurt, a decisão será na última rodada.

O treinador espanhol chegou ao clube inglês em julho de 2018. Foram 78 jogos com 43 vitórias, 20 derrotas, 15 empates, 156 gols marcados e 105 sofridos. Nesse período, foi vice-campeão da Europa League na temporada passada, quando perdeu para o Chelsea por 4 a 1.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo