Na véspera de encarar o Bayern, Favre destaca crescimento em relação ao clássico do primeiro turno
Foto: Divulgação/Borussia Dortmund

Nesta terça-feira (26), a maioria dos olhos da Alemanha e dos entusiastas do mundo futebolístico estarão voltados para a cidade de Dortmund, onde acontecerá o segundo Der Klassiker da temporada da Bundesliga.

Com quatro pontos separando o líder Bayern München do vice-líder e Borussia Dortmund, uma vitória do clube auri-negro pode deixar a situação do campeonato ainda mais inflamada, especialmente porque os bávaros tem tabela complicada - vão enfrentar Leverkusen, Gladbach e Wolfsburg antes do final da temporada.

Ao comentar sobre a partida na coletiva de imprensa, o dirigente Michael Zorc frisou o teor decisivo.

“Emocionalmente, será uma partida diferente do normal. Tudo dependerá dos valores que nós mostramos em campo nas duas últimas partidas. Você não precisa ser um profeta para saber que se quisermos continuar na disputa pelo título, devemos vencer este jogo “.

O técnico Lucien Favre também falou sobre o histórico recente da disputa e da importância das contratações que foram feitas durante a janela de inverno.

Jogar contra o Bayern é sempre especial. Nós vencemos aqui no ano passado e também na Supercopa. Nós não jogamos bem na primeira partida, mas desde então, melhoramos bastante, começamos a utilizar um novo sistema e contratamos dois jogadores de forte presença na última janela”, disse o suíço, que logo foi complementado por Zorc: “as contratações do Emre [Can] e do Erling [Haaland] nos deram dois atletas do tipo vencedor. Nós estamos ansiosos por esta partida”.

Os dois ainda falaram sobre o aspecto tático do jogo e comentaram sobre os dois gols de escanteio que o Bayern sofreu na vitória por 5 a 2 sobre o Eintracht Frankfurt, na partida do último final de semana.

O Bayern atua em um nível muito alto, mas todos os times têm seus pontos fracos, até mesmo eles”, afirmou Favre.

Temos que acreditar em nós mesmos e não podemos cometer erros simples quando tivermos a posse de bola. Também teremos que resistir às fases em que o Bayern estiver dominando o jogo. Nós sempre podemos marcar gols e vencê-los”, disse Zorc, enfatizando o problema dos erros individuais que custaram caro ao Dortmund nas partidas disputadas em Munique.

A condição física de Can, Hummels, Sancho e Witsel também foi comentada pelo técnico Lucien Favre durante a coletiva.

 “Eu acho que o Hummels já estará bem e poderá disputar 99% da partida e o Witsel começou a treinar com a equipe ontem e poderá fazer parte do elenco. O Sancho ainda está um pouco atrás e só voltou a treinar com o time há 10 dias. Ele está lentamente voltando ao seu nível anterior. Vamos ver”.

Que esta partida terá uma atmosfera de decisão é inquestionável e o próprio dirigente Michael Zorc comentou sobre isso na coletiva, mas outros times também fazem temporadas excepcionais e têm mostrado muita qualidade na atual temporada da Bundesliga. Apenas nove pontos separam o Bayern do quinto colocado, o Borussia Mönchengladbach, e esta situação também foi colocada em pauta por ele:

“Os dois melhores times do campeonato estão disputando o título entre si, mas não podemos esquecer de Gladbach, Leipzig e Leverkusen. Temos clubes de muita qualidade no topo da tabela, e isso é bom para o futebol alemão.”

Caso saia vitorioso, o Dortmund ainda terá que contar com um tropeço bávaro e precisará passar por Paderborn (F), Hertha Berlin (C), Fortuna Düsseldorf (F), Mainz 05 (C), RB Leipzig (F) e Hoffenheim (C) antes do final da temporada.

VAVEL Logo