No confronto mais aguardado das quartas de final, Leicester e Chelsea se enfrentam pela FA Cup
Foto: Divulgação/Premier League

Neste domingo (28), às 12h, Leicester City e Chelsea se encontram no King Power Stadium para decidirem quem avança para a semifinal da FA Cup. Os Foxes é o time com mais finais sem vencer a competições, com quatro vices, enquanto os Blues têm oito títulos.

Na Premier League, ambas as equipes estão garantindo vaga para a Champions League e se encontram em posições próximas na tabela: os Foxes vão garantindo o terceiro lugar, com 55 pontos, e os Blues ocupam o quarto lugar com 54 pontos. A expectativa é de jogão para o mata-mata. 

Desde o retorno do Campeonato Inglês, após a paralisação de cerca de três meses, a equipe de Brendan Rogers empatou os dois jogos que disputou. Já o lado de Frank Lampard, ganhou as duas partidas pós-paralisação, ambas em 2 a 1, contra Aston Villa e Manchester City, no jogo que confirmou o título do Liverpool

Trajetória do Leicester City na competição

Comandado por Rogers, o time de Leicester estreou na FA Cup em seu estádio, King Power Stadium, em 4 de janeiro, contra o Wigan Athletic. Aos 19 minutos, com gol contra, Tom Pearce abriu o placar para os donos da casa. E, aos 40 minutos, Harvey Barnes balançou as redes no que seria o segundo e último gol da partida. Leicester 2 a 0 Wigan. 

Para o segundo desafio, no dia 25 de janeiro, os Foxes viajaram até Londres com destino ao Griffin Park para confronto com o Brentford. O placar foi rapidamente aberto: aos 4 minutos, o nigeriano Kelechi Iheanacho marcou o gol que definiu o resultado da partida. Com a vitória por 1 a 0, o Leicester caminhou para as oitavas de final.

Nas oitavas de final, dia 4 de março, foi a vez de receber o Birmingham City. Com 76% de posse de bola, os Foxes se mostraram superiores ao adversário e impuseram o seu ritmo próprio de jogo. Mas foi só aos 82 minutos que a bola entrou, graças ao português Ricardo Pereira. Com o placar final de 1 a 0, o time da raposa estava classificado para as quartas de final. 

Trajetória do Chelsea na competição

Comandada pelo ex-jogador e ídolo do clube, a equipe de Frank Lampard teve a sua estreia contra o Nottingham Forest, no dia 5 de janeiro, em casa. Com 17 finalizações contra apenas duas dos visitantes, a superioridade e domínio dos Blues foi inquestionável. O placar final de 2 a 0 contou com gols, respectivamente, de Hudson-Odoi e Ross Barkley.

Para o segundo desafio, no dia 25 de janeiro, a equipe londrina viajou até o KCOM Stadium, para enfrentar o Hull City. O Chelsea abriu o placar aos 6 minutos com gol de Michy Batshuayi. Aos 64, Tomori ampliou o placar. Aos 78 minutos, os donos da casa mexeram no placar, mas não teve jeito. Os Blues venceram por 2 a 1 e caminharam para as oitavas. 

Nas oitavas de final, a equipe de Lampard recebeu, no Stamford Bridge, o Liverpool. No confronto de gigantes, os Blues saíram à frente logo aos 13 minutos com gol do brasileiro Willian. Embora com mais posse de bola, equipe de Jurgen Klopp não a reverteu em finalizações no gol, e tomou o segundo gol aos 64 minutos. Com o placar final de 2 a 0, o Chelsea se classificou para as quartas de final pela 10ª vez em 19 temporadas.

VAVEL Logo