Lazio sofre virada do Lecce e se afasta da disputa pelo título italiano
Foto: Divulgação/SS Lazio

A saga da Lazio para impedir o nono título consecutivo da Juventus no Campeonato Italiano teve mais um capítulo frustrante nesta terça-feira (7). O time da capital perdeu de virada para o Lecce, que vinha de seis derrotas seguidas, por 2 a 1 no estádio Via del Mare, pela 31ª rodada da Serie A.

Destaque do Lecce com 11 gols na temporada, o meio-campista Mancosu foi o personagem do primeiro tempo. Logo aos quatro minutos ele teve um gol anulado pelo VAR. Mais tarde, quando o placar já estava 1 a 1, o camisa 8 teve a chance de virar o jogo mas isolou um pênalti. A bola subiu demais, por cima do travessão. 

O primeiro gol saiu após um erro na saída de bola do Lecce. O lateral Calderoni recuou para o goleiro Gabriel, que escorregou na hora de afastar a bola e ela caiu nos pés de Parolo. O brasileiro defendeu parcialmente, mas a bola ficou viva na área e no rebote Caicedo abriu o placar aos cinco minutos de jogo.

Immobile e Jony também tentaram ampliar, e o Lecce respondeu com Babacar e Falco, que participaram do gol de empate. Aos 30 minutos, o camisa 10 foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça do senegalês, que, livre de marcação, acertou o canto direito do goleiro Strakosha.

Uma jogada ensaiada em cobrança de escanteio deu a vitória ao Lecce. No início do segundo tempo, o zagueiro Lucioni livrou-se da marcação e cabeceou firme. A bola ainda quicou no gramado antes de entrar: 2 a 1.

A Lazio ainda tentou com Immobile, Luis Alberto, Acerbi e Milinkovic-Savic, mas nenhum deles conseguiu evitar a derrota.

Para piorar a situação da equipe romana, após uma discussão dentro da área, o lateral direito Patric mordeu o braço de Donati e recebeu o cartão vermelho direto.

Classificação e próximos resultados

Com a vitória, o Lecce deixa a zona de rebaixamento provisoriamente, com 28 pontos, um a mais que o Genoa, que ainda joga na rodada. No domingo (12), o time visita o Cagliari, às 14h30.

Já a Lazio, com a segunda derrota seguida, fica na vice-liderança com 68, sete atrás da Juventus, que enfrenta o Milan. A chance de se recuperar é no sábado (11) contra o Sassuolo, em casa, às 12h15.

VAVEL Logo