Ainda assombrada pela pandemia, Ligue 1 abre calendário dos principais campeonatos europeus
Atuais campeões, PSG busca mais uma taça para se tornar maior campeão nacional  Foto: Divulgação/PSG

O Campeonato Francês vai começar! A partir das 14 horas desta sexta-feira (21), a Ligue 1 2020-21 terá seu início com a partida entre Bordeaux x Nantes, a ser disputada no Estádio Matmut Atlantique. Foram cinco meses sem jogos pela competição nacional, uma vez que a pandemia do novo coronavírus resultou no encerramento antecipado, com dez jogos anulados. Ainda que seja um reinício de temporada e da plena atividade do futebol em solo gaulês, a pandemia ainda assombra o país, com aumento no número dos casos diários no momento em que há retorno gradual das atividades.

Prova disso foi o que aconteceu no Olympique de Marseille. A equipe faria o grande confronto de abertura contra o rival Saint-Étienne. Porém, com quatro jogadores contaminados em um período de oito dias, o clássico foi adiado para setembro, com o objetivo de atender ao protocolo estabelecido. Além de OM e ASSE, Lyon e Paris Saint-Germain não entram em campo neste fim de semana por estarem na fase final da Uefa Champions League.

Com sete títulos nas últimas oito edições, o Paris Saint-Germain como o maior favorito a conquistar novo troféu – ainda com a possibilidade de ser campeão europeu de forma inédita e ter o orçamento superdimensionado em relação aos concorrentes. Mas existem bons concorrentes para evitar nova conquista parisiense. Com boa impressão deixada na Uefa Champions League, o Lyon pode figurar entre os primeiros. O Monaco tenta voltar aos melhores dias com Niko Kovac no comando, enquanto Olympique de Marseille, Saint-Étienne e Bordeaux sempre são considerados como clubes a estarem nas primeiras colocações por todas as suas belíssimas histórias.

Protocolos

Da mesma maneira ocorrida com o Olympique de Marseille, uma equipe que atingir quatro ou mais contaminados pelo novo coronavírus em um período de oito dias não irá entrar em campo. Segundo as normas estabelecidas entre organizadores da competição e autoridades de saúde, o período é suficiente para saber se há circulação ativa em um ambiente. Todos os jogadores são testados entre dois a três dias antes de cada partida. Além disso, máscaras, higienização e distanciamento social deverão ser rigorosamente cumpridos. Diferente dos outros países, o futebol na França terá presença de público. Ao todo, todos os palcos esportivos terão capacidade de até 5 mil pessoas.

Regulamento

Como é tradicional na Europa e com muitas semelhanças no Brasil, os 20 clubes que disputam a Ligue 1 se enfrentam entre si em jogos de turno e returno. Ao todo, são 38 rodadas programadas. Quem somar mais pontos, será o campeão. Os dois primeiros colocados garantem classificação à fase de grupos da Uefa Champions League 2021-22. O terceiro colocado irá disputar as fases preliminares da mesma competição. O quarto lugar garante vaga na fase de grupos da Uefa Europa League. O clube que ocupar o quinto posto estará classificado à Uefa Conference League, novo torneio implantado pela Uefa a ser iniciado na próxima temporada.

Quanto ao rebaixamento, os dois últimos lugares estão automaticamente rebaixados. O antepenúltimo colocado (18º) espera a definição do terceiro posto da Ligue 2 para disputar um playoff. Se vencer, permanece na primeira divisão. Se for derrotado, estará rebaixado. Em caso de empate na tabela de classificação, os critérios de desempate são esses, na respectiva ordem:

  1. saldo de gols;
  2. confronto direto;
  3. saldo de gols entre as equipes envolvidas no confronto direto;
  4. maior diferença de saldo em um jogo na liga;
  5. gols marcados nos confrontos diretos;
  6. gols marcados como visitante nos confrontos diretos;
  7. gols marcados fora de casa;
  8. recorde de gols marcados em um único jogo da liga;
  9. fair play (um ponto para cada jogador que receber cartão amarelo, três para quem for expulso)

Rivalidades

Na edição da Ligue 1 a ser iniciada neste fim de semana, são nove clássicos a serem disputados em 18 rodadas.

  • Paris Saint-Germain x Olympique de Marseille – Le Classique, rodadas #3 e #24
  • Montpellier x Nîmes – Derby de Languedoc, rodadas #6 e #29
  • Olympique Lyonnais x Olympique de Marseille – Olímpico, rodadas #6 e #27
  • Lille x Lens – Derby do Norte, rodadas #7 e #36
  • Nice x Monaco – Derby da Côte d’Azur, rodadas #10 e #23
  • Olympique Lyonnais x Saint-Étienne – Derby Rhônalpin (Rhône-Alpes), rodadas #10 e #21
  • Paris Saint-Germain x Olympique Lyonnais – PSG-OL, rodadas #14 e #30
  • Nantes x Rennes – Derby Bretão, rodadas #18 e #32

Maiores campeões da França

  1. Saint-Étienne – 10 (1957, 1964, 1967, 1968, 1969, 1970, 1974, 1975, 1976 e 1891)
  2. Olympique de Marseille – 9 (1937, 1948, 1971, 1972, 1989, 1990, 1991, 1992, 2010) e Paris Saint-Germain – 9 (1986, 1994, 2013, 2014, 2015, 2016, 2018, 2019 e 2020)
  3. Nantes – 8 (1965, 1966, 1973, 1977, 1980, 1983, 1995 e 2001) e Monaco – 8 (1961, 1963, 1978, 1982, 1988, 1997, 2000 e 2017)
  1. Olympique Lyonnais – 7 (2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008)
  2. Reims – 6 (1949, 1953, 1955, 1958, 1960 e 1962) e Bordeaux – 6 (1950, 1984, 1985, 1987, 1999 e 2009)
  1. Nice – 4 (1951, 1952, 1956 e 1959)
  2. Lille – 3 (1946, 1954 e 2011)
  3. Sochaux – 2 (1935 e 1938), Sète – 2 (1934 e 1939), Olympique Lillois – 1 (1933), Racing Paris – 1 (1936), Roubaix-Tourcoing – 1 (1947), Strasbourg – 1 (1979), Auxerre – 1 (1996), Lens – 1 (1998) e Montpellier – 1 (1995)

Participações na Ligue 1 ao longo da história

  1. Olympique de Marseille – 70
  2. Bordeaux e Saint-Étienne – 67
  3. Sochaux – 66
  4. Rennes – 63
  5. Olympique Lyonnais, Monaco, Nice e Metz – 61
  6. Lille – 60
  7. Strasbourg – 59
  8. Lens – 58
  9. Nantes – 52
  10. Paris Saint-Germain – 47
  11. Nîmes, Reims e Bastia – 35
  12. Valenciennes – 33
  13. Auxerre e Toulouse – 32
  14. Nancy e Racing Paris – 30
  15. Montpellier e Angers – 28
  16. Le Havre – 24
  17. Sedan Ardennes – 23
  18. Cannes – 22
  19. Toulouse FC (extinto), Rouen e Red Star – 19
  20. Caen – 18
  21. Troyes – 17
  22. Sète – 16
  23. FC Nancy (extinto) – 15
  24. Brest – 14
  25. Lavallois, Lorient, Ajaccio e Guingamp – 13
  26. Toulouse e Stade Français – 12
  27. Rouboix-Tourcoing (extinto) e Montpelliérain (extinto) – 10
  28. Olympique Lillois (extinto), SC Fives (extinto), EAC Roubaix e Antibes – 7
  29. Le Mans, Mulhouse e Olympique Alès – 6
  30. Dijon – 5
  31. Évian Thonon Giallard, Tours FC e Grenoble – 4
  32. Limoges, Paris FC, Martigues, Angoulême, Amiens, RC Roubaix (extinto) e SC Nîmes (extinto) – 3
  33. Troyes Sainte-Savine (extinto) e CA Paris – 2
  34. Chamois Niortais, Guegnon, Gazélec Ajaccio, Boulogne, Avignon Football, Istres, Aix-en-Provence, Arles-Avignon, Colmar, Lyon OU (extinto), Béziers (extinto), Châteauroux, Club Français (extinto) e Hyères - 1
VAVEL Logo