Em jogo de seis gols, prevalece equilíbrio entre Milan e Roma e clássico termina
empatado 
Foto: Divulgação/Roma

Para completar a rodada de clássicos na Europa, Milan e Roma se enfrentaram nesta segunda-feira (26), no San Siro, em jogo válido pela quinta rodada da Serie A. Os gols do rossonero foram marcados por Ibrahimovic (duas vezes) e Saelemaekers, enquanto Dzeko, Veretout e Kumbulla fizeram para o time da capital italiana. Portanto, surpreendente 3 a 3 no placar.

Distribuição tática

Sem o goleiro Gianluigi Donnarumma, que foi desfalque de última hora devido ao teste positivo para Covid-19, o técnico Stefano Pioli escalou o Milan no 4-2-3-1. Tatarusanu no gol, Kjaer e Romagnoli na defesa, Calabria e Theo Hernández nas laterais. No meio-campo, Bennacer e Kessié cuidaram da marcação, enquanto Saelemaekers, Çalhanoglu e Rafael Leão fizeram a ligação com Zlatan Ibrahimovic no ataque.

O treinador Paulo Fonseca preferiu mandar a Roma a campo no 3-4-2-1, com Mirante no gol, Ibañez, Mancini e Kumbulla na defesa e a dupla Karsdorp e Spinazzola na marcação do meio-campo; Pellegrini, Vereout, Pedro e Mkhitaryan cuidaram da criação das jogadas, enquanto Dzeko foi o único jogador no comando do ataque.

Equilíbrio e interferência da arbitragem definem empate no clássico

O jogo começou movimentado e com o Milan abrindo o placar logo aos dois minutos, em passe de Rafael Leão para o artilheiro Ibrahimovic, que não perdoou. Com mais volume de jogo, o time da casa mostrou sua superioridade, mas não conseguiu evitar o gol de empate do rival, que em falha do goleiro Tatarusanu, Dzeko cabeceou a bola para o fundo das redes.

Mesmo com o gol, o time rossonero não ficou abalado e se lançou mais ao ataque, além de exigir boas defesas de Mirante e ser impedido pela trave de ficar à frente do placar. A Roma, por sua vez, tentou fugir da pressão adversária, e nas vezes que encontrou oportunidades, buscou também dar trabalho ao goleiro rival.

Já no segundo tempo, a partida recomeçou com outro gol do Milan nos minutos iniciais, em nova assistência de Rafael Leão, contudo agora com gol de Saelemaekers, que não desperdiçou. O confronto estava controlado pelos anfitriões, entretanto escapou de seus domínios com as decisões da arbitragem.

Aos 71, o clube romano novamente chegou ao empate com Veretout, após pênalti questionável de Bennacer em Pedro Rodríguez. O Milan, porém, não teve tempo para ficar abalado, porque também foi beneficiado com penalidade a favor. Aos 79, Ibrahimovic marcou o segundo dele no clássico.

A Roma, por sua vez, não se deu por vencida e surpreendeu novamente o rival aos 84 com tento de Kumbulla, que aproveitou deslize da defesa milanesa para empurrar a bola para o fundo das redes. Sendo assim, empate considerado justo pelo equilíbrio em campo, principalmente na disputada etapa final.

Estatísticas

No todo, o Milan teve 53% de posse de bola, 13 finalizações (oito no alvo, duas para fora e três travadas) e 503 passes (436 certos). A Roma, por sua vez, registrou 47% de posse, 12 finalizações (sete no alvo, duas para fora e três travadas) e 430 passes (367 certos).

Classificação e próximos compromissos

Apesar do empate, o Milan se mantém na liderança da Serie A, com 13 pontos, sendo quatro vitórias e um empate em cinco jogos. A equipe milanesa volta a campo no domingo (1º) para encarar a Udinese, fora de casa, às 8h30.

A igualdade no placar não foi boa para a Roma, que se encontra apenas na nona colocação, com oito pontos. O próximo jogo será diante da Fiorentina no domingo (1º), no Stadio Olimpico, às 14h.

VAVEL Logo