Roma sofre pouco e bate Fiorentina com tranquilidade na Serie A
Foto: Divulgação/AS Roma

Em atuação segura, a Roma bateu a Fiorentina por 2 a 0 e manteve a invencibilidade na Serie A e na temporada (com exceção da partida contra o Verona na estreia que o time empatou, mas perdeu o ponto por escalação irregular de Diawara). Neste domingo (1º), Spinazzola e Pedro marcaram os gols da vitória dos giallorossi no Olímpico pela sétima rodada do Campeonato Italiano 2020-21.

Viola assusta no início, mas Roma reage e domina

Escalada pela primeira vez na temporada sem um centroavante, a Fiorentina começou com duas grandes chances com menos de dois minutos de jogo, ambas com Castrovilli - um chute passou perto da trave, o outro cruzamento acabou passando por todo mundo.

O bom início se deu a partir de uma pressão da Fiorentina na saída de bola e também na dificuldade da Roma de sair jogando. Mas o time de Paulo Fonseca conseguiu se acertar em pouco tempo e mudou totalmente o panorama do jogo.

Jogando no esquema 3-4-2-1, a Roma teve grande movimentação de Dzeko, Mkhitaryan e Pedro, que dificultou muito a defesa da Fiorentina. Além disso, o time da casa conseguiu encaixar uma marcação que praticamente deixou a Viola inofensiva na maioria do primeiro tempo. Amrabat e Bonaventura pouco tocaram na bola, enquanto Ribéry até tentou puxar contra-ataques, mas foi dominado pela marcação de Mancini na maioria deles.

Dragowski mantém Viola viva no jogo

Aos 11, após disputa de Dzeko com Milenkovic e Martínez Quarta, Spinazzola aproveitou um buraco no lado direito, avançou livre pela esquerda e tentou a passe. A bola rebateu e voltou para o ala, que aí finalizou e fez 1 a 0.

No total, a Roma terminou o primeiro tempo com nove a três em finalizações, quatro a zero em finalizações certas, e ligeira vantagem na posse de bola, 52%. A vantagem só não foi ampliada no primeiro tempo por causa de grandes defesas do goleiro Dragowski, que negou gol de cabeça de Dzeko aos 22 e salvou dois chutes em sequência aos 36, primeiro de Karsdorp e depois de Mkhitaryan.

Roma administra e vence sem sustos

Para o segundo tempo, Giuseppe Iachini veio com Pulgar na vaga de Castrovilli, que já tinha amarelo, o que deu mais liberdade para Amrabat no meio-campo. Apesar de muito mais posse de bola na segunda etapa - 65% -, a Fiorentina foi um time praticamente inofensivo.

Foram apenas duas finalizações da Viola, a única certa no jogo vindo aos 35 da segunda etapa, em cabeçada de Kouamé em cima de Mirante. Com Ribéry e Callejón bem marcados e pouco inspirados, Iachini terminou o jogo com os três centroavantes do elenco em campo, o que não gerou grande perigo para a bem postada defesa da Roma.

O time de Paulo Fonseca adotou uma postura mais conservadora, que funcionou muito bem. Sem sofrer atrás e criando chances esporádicas, a Roma matou o jogo aos 25. Após escanteio mal cobrado por Biraghi, os mandantes puxaram contra-ataque com Dzeko e a bola chegou até Mkhitaryan na direita da área. Ele cruzou rasteiro e Pedro apareceu para empurrar para o gol e fazer 2 a 0.

O segundo gol da Roma acabou diminuindo a esperanças da Fiorentina, que ainda perdeu Martínez Quarta expulso aos 43. No fim, vitória segura e merecida da Roma.

Classificação e próximos compromissos

A vitória leva a Roma ao sétimo lugar, com 11 pontos, um ponto atrás da zona de classificação à Champions League, enquanto a Fiorentina para nos sete e ocupa o 11º posto.

A Roma entra em campo na quinta-feira (5) pela Europa League para enfrentar o Cluj, da Romênia, em casa, às 14h55. Pelo Italiano, visita o Genoa no domingo (8), às 11h. Um dia antes, no sábado (7), a Fiorentina joga como visitante diante do Parma, às 16h45.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo