Icardi faz dois, Internazionale bate Cagliari e dorme na liderança da Serie A

Equipe de Milão vai 36 pontos e ultrapassa o Napoli, que entra em campo neste domingo (26) fora de casa

Icardi faz dois, Internazionale bate Cagliari e dorme na liderança da Serie A
Icardi chegou à artilharia da Serie A, com 15 gols em 14 jogos (Foto: Foto: Alberto Pizzoli/AFP)
Cagliari
1 3
Internazionale
Cagliari: Rafael; Romagna, Ceppitelli, Andreolli; Faragò, Ionita (Diego Farias, min. 64), Cigarini, Barella, Padoin; João Pedro (Cossu, min. 82), Pavoletti (Giannetti, min. 88). Técnico: Diego López.
Internazionale: Handanovic; D’Ambrosio, Skriniar, Miranda, Santos; Vecino (Brozovic, min. 53), Gagliardini; Candreva (João Cancelo, min. 86), Borja Valero, Perisic; Icardi (Éder, min. 94). Técnico: Luciano Spalletti.
Placar: 0-1, min. 29, Icardi. 0-2, min. 55, Brozovic. 1-2, min. 71, Pavoletti. 1-3, min. 83, Icardi.
ÁRBITRO: Luca Pairetto (ITA). Cartões amarelos: Miranda (min. 13), Ceppitelli (min. 66), Gagliardini (min. 81), Giannetti (min. 89).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 14ª rodada da Serie A, realizada na Sardegna Arena, em Sardenha, Itália.

Com boa atuação de Mauro Icardi, a Internazionale venceu o Cagliari, por 3 a 1, neste sábado (25), na Sardenha, em jogo válido pela 14ª rodada da Serie A. O atacante marcou duas vezes e liderou os nerazzurri à vitória. Marcelo Brozovic anotou o outro tento da Beneamata, enquanto Leonardo Pavoletti descontou.

O resultado faz a Inter dormir na liderança do Italiano. Os interistas foram a 36 pontos, um a mais que o Napoli, que visita a Udinese neste domingo (26). Já o Cagliari permanece com 15 pontos, na 13ª colocação. Os rossoblù podem ver a Udinese e o Crotone empatarem em números de pontos caso vençam seus respectivos jogos no decorrer da rodada.

A Inter voltará a campo no domingo (3), para receber o Chievo, em Milão, às 12h, pela 15ª rodada da Serie A. Já o Cagliari muda a chave e começa a pensar na Copa Itália. Na terça-feira (28), às 12h, o time rossoblù enfrentará o Pordenone, na Sardenha, pela quarta fase do torneio.

Cagliari começa melhor, mas Inter sai na frente

Embora a Inter tenha um elenco mais qualificado e esteja brincando pelas primeiras posições da liga, o Cagliari teve um início de jogo melhor que os interistas. A equipe da casa exercia uma marcação-pressão com muita intensidade – o zagueiro Skriniar chegou a estar cercado por três jogadores na saída de bola da Inter – e explorava passes longos para deixar a defesa da Inter em apuros. Não à toa, o atacante Pavoletti teve duas chances de colocar o Cagliari em vantagem, mas Handanovic operou dois milagres.

No entanto, a Inter é um time fatal quando o trio Candreva, Icardi e Perisic entram em sintonia. E isso aconteceu aos 29 minutos. Candreva cruzou à área, a bola fez uma parábola, Perisic tocou para trás, e Icardi estufou as redes. O gol da equipe de Milão esfriou o ímpeto do Cagliari, e os nerazzurri assustaram a meta do goleiro brasileiro Rafael antes do intervalo: Santon arriscou chute de fora da área, e a bola saiu à esquerda do gol.

Inter leva susto, mas consegue vencer mais uma

A etapa final trouxe um Cagliari disposto a utilizar a mesma tática do começo da primeira etapa: pressionar a Inter no último terço do campo para forçar a defesa ao erro. Dois minutos depois de o reinício da partida, Barella pegou sobra de bola fora da área, disparou, a redonda desviou em Santos e quase entrou.

Mas quem balançaria as redes seria a Inter. Aos 53 minutos, o técnico da Inter, Luciano Spalletti, trocou o uruguaio Vecino pelo croata Brozovic, que chega à frente com mais qualidade. Dois minutos após sua entrada, o croata recebeu passe de Candreva e, da entrada da área, soltou uma pancada para fazer 2 a 0 a favor dos interistas.

Atrás do placar, o treinador Diego López, do Cagliari, deixou o time mais ofensivo. O meio-campista Ionita saiu para a entrada do atacante brasileiro Diego Farias. Mesmo com a substituição, a equipe continuou dominando as ações. No entanto, o Cagliari encontrou um alento aos 71 minutos. Faragò alçou para a área, e Pavoletti pegou de primeira, sem deixar a bola tocar no chão.

Diego Farias recebeu bom passe na área e poderia ter empatado, mas não encaixou uma boa finalização. Como diz o famoso ditado, “quem não faz, leva”. E assim aconteceu. Após o goleiro Rafael afastar mal, a bola sobrou no pé direito de Icardi, que marcou seu segundo no jogo – 15 gols no campeonato, e divide a artilharia da liga com Ciro Immobile, atacante da Lazio. O tento do camisa 9 fechou a conta da partida.