Internacional enfrenta Fluminense precisando de combinações para fugir do rebaixamento
No primeiro turno as equipes ficaram no 2 a 2 em Porto Alegre (Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional)

Fluminense e Internacional entram em campo neste domingo (11), às 17h, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Essa será a primeira rodada do Brasileirão após o acidente envolvendo o time da Chapecoense na Colômbia. Diversas homenagens estão marcadas para o jogo em Edson Passos.

Sem vencer há nove rodadas, o Tricolor das Laranjeiras espera vencer a partida e assim encerrar o ano de forma mais digna. Já o Colorado entrará em campo para fazer o “jogo da vida”. A equipe gaúcha está dentro da zona de rebaixamento e para poder sair do Z-4 somente a vitória interessa. Além de ter que vencer seu jogo, o Internacional ainda deve torcer por um empate ou derrota do Sport que enfrenta o Figueirense no Recife.

Com alguns jogadores de férias antecipadas, Fluminense vai a campo com o que tem de melhor

O técnico do Fluminense, Marcão, encontrou dificuldades para escalar o time que vai enfrentar o Internacional no Domingo. Isso porque o clube deu férias antecipadas para 12 jogadores do elenco. Na última sexta-feira (9), Marcão definiu o time que mandará a campo no final de semana. A atividade realizada foi um rachão e os titulares venceram os reservas pelo placar de 4 a 1.

Marcão gostou da semana de trabalhos e diz acreditar na sua primeira vitória no comando técnico do Fluminense:

"Foi uma semana de dedicação e de muita responsabilidade. Acredito que trabalhamos bem durante esses dias e esperamos colocar no jogo tudo que foi trabalhado para que a gente possa somar três pontos", declarou o treinador.

O Fluminense vai a campo com: Júlio César; Wellington Silva, Nogueira, Henrique e William Matheus; Douglas, Edson e Gustavo Scarpa; Wellington, Richarlison e Henrique Dourado. 

Para o Inter é tudo ou nada

A 38ª rodada do Brasileirão de 2016 pode colocar o Internacional pela primeira vez na sua história na segunda divisão nacional. Para isso não acontecer o Inter deve vencer o Fluminense e “secar” o Sport. Esse também será o último jogo de Lisca no comando técnico do clube gaúcho. O treinador assumiu o cargo na 36ª rodada da competição.

Já em clima de despedida, Lisca optou por fechar o último treino do Inter em Porto Alegre. Segundo o treinador a opção de fechar o treino foi para aproveitar melhor seus últimos momentos com o grupo Colorado.

“Hoje não dei treinamento nenhum. Foi mais uma soltura. Queria mais privacidade. Congracei com jogadores, funcionários. Agradeci pelo momento, compreensão. Minha ideia é que sexta e sábado ocorra uma recuperação. Amanhã será uma movimentação sem conteúdo. É véspera de prova final e não adianta se matar muito. Hoje foi mais para passar a alegria que tive, o prazer mesmo neste momento difícil. Foi muito legal. Acho que a relação foi boa. Quero agradecer a todos  pela compreensão. Hoje foi mais uma despedida, mas com alegria e afeto. Até para abraçar os jogadores”, declarou o treinador.

Já no Rio de Janeiro, o Internacional fez um treinamento pela manhã deste sábado (10) no Centro de Capacitação Física do Exército. A atividade não foi aberta para a imprensa. Antes de embarcar para o Rio, Lisca já havia mencionado o time que colocaria em campo no domingo. O treinador permanece apenas com uma dúvida na escalação inicial, entre Vitinho e Gustavo Ferrareis.

A provável escalação do Inter tem: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Alex; Rodrigo Dourado e Anselmo; Gustavo Ferrareis (Vitinho), Anderson e Valdívia; Nico López.

O árbitro do jogo será Heber Roberto Lopes (SC) auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

VAVEL Logo