Sem Arão e Gerson, Jesus tem dor de cabeça para montar Flamengo contra o Grêmio
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo empatou com o Vasco por 4 a 4, na última quarta-feira (13), no Maracanã. Além de um ponto, o time ganhou também dores de cabeça para encarar o Grêmio neste domingo (17), às 16h (de Brasília), em Porto Alegre.

Isso porque os pilares do time no meio campo — Gerson e Willian Arão — estão suspensos. Bruno Henrique também levou o terceiro cartão amarelo contra o Gigante da Colina e é outro desfalque. Jorge Jesus vai ter um quebra-cabeça cheio de peças para encaixar no último duelo antes da final da Libertadores, no dia 23 de novembro, contra o River Plate.

Prováveis substitutos

No ataque, as possibilidades para compensar a falta de Bruno Henrique são Reinier e Vitinho. O jovem de 17 anos vem em uma crescente com o Mister e é o mais cotado para começar jogando. Vitinho, no entanto, também está reencontrando o bom futebol e fica como opção. No jogo diante do Vasco, Reinier participou da jogada do primeiro e Vitinho fez toda a jogada do último gol Rubro-Negro.

No meio campo, a briga tem maiores concorrentes, são eles: Piris da Motta, Hugo Moura, Vinícius Souza e Diego Ribas - que apesar de não ser um volante, pode atuar na posição. A provável combinação que o Português deve utilizar é: Piris da Motta e Diego Ribas.

Piris da Motta é o substituto natural da volância Rubro-negra atual. Dentre as opções citadas, é o que tem mais minutos com Jorge Jesus, entrando sempre no segundo tempo das partidas. Na temporada, o volante paraguaio disputou 36 partidas e não marcou nenhum gol.

Caso comece com Piris de titular, JJ pode optar por colocar Diego Ribas e manter a ofensividade da equipe. Isso porque Piris é um volante de marcação, enquanto Diego é um meia armador, mas funcionaria como um segundo volante saindo para o jogo. O camisa 10 da Gávea tem 37 jogos e quatro gols nesta temporada, mas está retornando aos poucos a campo após uma lesão no tornozelo, que o afastou por três meses. 

A formação ficaria da seguinte maneira: Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Piris da Motta e Diego; Everton Ribeiro, Arrascaeta, Reinier (Vitinho) e Gabigol.

Correm por fora

Hugo Moura e Gerson em treinamento. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo).

Hugo Moura e Vinícius Souza correm por fora. Revelados pelo Flamengo, os jovens não chegaram a fazer 10 jogos na temporada (Hugo jogou seis partidas e Vinícius atuou por três). Dentre eles, Vinícius Souza é o que goza de maior prestígio com o treinador, que inclusive já o elogiou em uma das coletivas.

Caso opte por começar com um dos meninos, Vinícius deve ser o escolhido como titular, deixando Hugo Moura no banco. A formação, neste caso, teria: Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Vinícius Souza e Piris da Motta (Diego); Everton Ribeiro, Arrascaeta, Reinier (Vitinho) e Gabigol.

Seja qual for a escolha do Mister, o Flamengo precisa vencer se quiser ficar mais próximo do título e viajar com tranquilidade para Lima. O jogo contra o Grêmio, em Porto Alegre, no próximo domingo (17), será o último antes do confronto mais importante do ano: A final da Libertadores contra o River Plate, em Lima — Peru —, no dia 23 de novembro.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo