#BrasileirãoNaVAVEL: Qual a expectativa para os times nordestinos?
Foto: Montagem VAVEL Brasil

A região nordeste do país contará com quatro representantes na Série A do Brasileirão 2020. São eles: Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport. Dois do estado do Ceará, um da Bahia e um do Pernambuco. Todos eles são bem tradicionais no âmbito nacional e contam com particularidades que podem ajudar ou não no desempenho ao longo da competição. 

Bahia quer subir o nível da última temporada

O Bahia de Roger Machado vem tendo uma gestão modelo com o presidente Guilherme Bellintani, mostrando organização e acertando contratações importantes, casos de Gilberto e Rodriguinho. Além disso, conta com a longevidade e bom trabalho feito por Roger, a frente do time desde o início de 2019.

No ano passado o Tricolor de Aço terminou no meio da tabela na Série A, mas chegou a incomodar os times na zona de classificação a Libertadores, perdendo um pouco do fôlego do meio para o fim da competição. Os baianos conseguiram manter a base da equipe e ainda se reforçaram bem, trazendo Juninho Capixaba de volta e acertando com Rodriguinho para ser o homem do meio campo. 

Vozão espera ano mais tranquilo na elite 

O Ceará está na elite nacional desde 2018, escapando do rebaixamento em 2019 na 16ª posição com três pontos acima do Cruzeiro, primeiro time da zona de rebaixamento. Este ano o Vozão fez ótima campanha na Copa do Nordeste, sagrando-se campeão ao bater o Bahia nos dois jogos da final, por 3 a 1 e 1 a 0, respectivamente.

Até poucos dias antes da pausa do futebol por conta da pandemia causada pela Covid-19 o time cearense era comandado por Enderson Moreira, que foi para o Cruzeiro, e agora tem Guto Ferreira como comandante. O "Gordiola" vem fazendo um bom trabalho.

No elenco o Ceará conta com jogadores importantes como Vinícius, Rafael Sóbis, Luiz Otávio, Fernando Prass e Samuel Xavier, e conseguiu manter a base com bons jogadores no ano passado, além de impulsionar o time titular com contratações importantes. Vinícius Goes, o Vina, vem fazendo ótima temporada, assim como Fernando Prass, que chegou e resolveu o problema na meta alvinegra.

Fortaleza aposta em continuidade e boa gestão

O Fortaleza teve ascensão meteórica com Rogério Ceni como técnico, subindo da Série C para a B e logo na sequência para a A. Mais que isso, no primeiro ano na elite fez campanha sólida e conquistou vaga na Sul-Americana. A boa gestão, a moral que o treinador tem com o elenco e a manutenção do time credenciam a equipe a dar trabalho mais uma vez. 

O Leão conta com jogadores experientes, casos de Felipe Alves, Paulão,  Wellington Paulista e Osvaldo, além de outros bons valores individuais, mas a expectativa maior fica por conta do seu treinador, visto que o estilo de jogo é ofensivo e costuma fazer com que as partidas sejam agradáveis, além de no final o resultado ser positivo, claro. Nenhum trabalho será bem sucedido se não houver resultado e só desempenho.

De volta à Série A, Sport precisa superar crise econômica e de desempenho

Teoricamente o Sport é o que deve passar por apuros na competição, visto que sofre com uma crise econômica enorme e perdeu jogadores importantes que ajudaram na conquista do acesso para a Série A em 2019, casos de Charles, Luan e Guilherme. Para se manter na elite os comandados de Daniel Paulista apostam as fichas em Hernane Brocador, AdryelsonJonatan Gomez e Patric

A temporada até aqui não é nada animadora para os torcedores do Leão da Ilha. O time precisou disputar o quadrangular final contra o rebaixamento no Campeonato Pernambucano, onde conseguiu garantir sua permanência na elite estadual. Novas contratações podem melhorar a expectativa, mas os problemas financeiros são uma grande barreira para que isso aconteça.

Prognósticos

Dos quatro, três devem sobreviver na primeira divisão nacional e quem sabe até ficar na metade de cima da classificação. Mas sempre vale lembrar, é uma teoria, tudo pode mudar na prática. Nada impede do Sport fazer uma campanha superior aos demais. 

O elenco mais qualificado que os demais e o técnico Roger Machado são um grande trunfo para o Tricolor de Aço. O Fortaleza também conta com um treinador diferenciado, mas em questão de time fica um pouco atrás na corrida. Tratando de elenco aliás, o Vozão tem mais qualidade técnica que o Leão do Pici, mas o consistente desempenho do time cearense parece compensar essa diferença. Por fim, o Sport deve sofrer bastante ao longo da competição, principalmente se não conseguir reforçar o elenco com jogadores que possam ocupar a titularidade.

Confrontos na primeira rodada

O Bahia teve o seu confronto com o Botafogo, fora de casa, adiado por causa da final do Campeonato Baiano. O Fortaleza enfrenta o Athletico-PR, em casa, sábado (08), às 19h, por fim, Sport e Ceará se enfretam sábado (08), às 21h, em Recife.

 


Confira as reportagens

Quem desbanca? Flamengo tem três concorrentes fortes na briga pelo título

A briga na parte de baixo: quais clubes da irão lutar contra rebaixamento?

Novatos: Como chegam os quatro clubes que subiram à elite

Botafogo, Fluminense e Vasco entram com mais problemas do que soluções

Paulistas entram no campeonato em momentos divergentes

Há mais tempo no cargo: os técnicos mais longevos do campeonato

Quem são os candidatos à artilharia do Brasileirão?

Problema nos cofres: times em maior crise financeira

Athletico é a grande força fora do eixo

Qual a expectativa para os times nordestinos?

Renato, Sampaoli, Torrent... Quais técnicos vão resistir até o fim do campeonato?

Competições sul-americanas podem prejudicar times no campeonato

Acaba só em 2021: edição de 2020 será a décima a terminar no ano seguinte

Pandemia do Covid-19 traz prejuízos físicos e financeiros aos clubes

Qual o 11 ideal antes do campeonato começar?

Promessas para ficar de olho no Brasileirão

Confira a escalação de jogadores badalados que precisam provar seu valor

Os veteranos cruciais do Brasileirão 2020

Batalha das emissoras: Onde você vai assistir ao jogo do seu time?

Power ranking do Campeonato Brasileiro 2020

VAVEL Logo