Herói do título do Palmeiras, Breno Lopes se emociona: "Dia inesquecível"
Foto: Divulgação / Libertadores

O Palmeiras é campeão da Libertadores 2020. Após vencer o Santos, por 1 a 0, no Maracanã, o Alviverde sagrou-se bicampeão e levantou o troféu. O herói da partida foi Breno Lopes, que marcou nos últimos minutos do segundo tempo.

O atacante, que foi contratado em novembro, entrou aos 40 da segunda etapa e abriu o placar aos 54, após cruzamento de Rony

Breno Lopes, o herói improvável

Emocionado, Breno Lopes afirmou que esse dia será inesquecível para ele:

"É um dia inesquecível na minha vida fazer o gol da Libertadores. O torcedor merece. O Palmeiras vinha trabalhando há muito tempo buscando esse título. Meus pais estão aí. Estou muito feliz, não sei explicar a emoção" - afirmou Breno, em entrevista ao SBT.

Breno foi contratado pelo Verdão em novembro de 2020. À época, era o vice-artilheiro da Série B, pelo Juventude. Pelo Palmeiras, o atacante atuou em 17 partidas, marcando dois gols.

Com a família presente na arquibancada, o herói da partida não conteve a emoção: 

"Minha mãe está chorando demais, meu pai... É um dia inesquecível. É só comemorar."

A fala do capitão Felipe Melo

Foto: Divulgação / Libertadores

Após um longo tempo afastado por lesão, Felipe Melo conseguiu retornar à tempo da decisão e ergueu a taça junto com Gustavo Gomez.

Em entrevista à Fox Sports após a premiação, o jogador de 37 anos desabafou:

"Falaram que era impossível voltar. Fizeram até enquete se eu iria voltar. Quatro meses... Dois meses era impossível de voltar... Mas eu sigo o Deus do impossível. Hoje, graças a Deus, estou vivendo a plenitude. Muito feliz. Sentimento de muita alegria".

O volante foi além e afirmou que não nasceu palmeirense, mas que será palmeirense até morrer:

"Eu me tornei capitão do Palmeiras com muito trabalho, muita humildade. Hoje entro para a história, grupo seleto de campeões da Libertadores. Me perguntaram se eu me sentia ídolo. Falei que me sentia pelo o que a torcida faz, mas hoje entro de vez para a história do clube, como esse elenco todo. Carimbamos uma história tão linda de um clube tão grande. Hoje entro de vez na história do clube, como um dos grandes ídolos."

E completou:

"Eu não nasci palmeirense. Nunca fiz questão de esconder. Mas me tornei palmeirense e vou morrer palmeirense.

Próximos compromissos

Com o título da Libertadores, o Palmeiras classificou-se automaticamente para a Recopa Sul-Americana, que será disputada contra o Defensa y Justicia, da Argentina, e também para o Mundial de Clubes.

O Alviverde entrará na semifinal do torneio mundial e enfrentará o Tigres, do México ou Uslan, da Coreia do Sul. A estreia do time de Abel Ferreira no Mundial será no dia 7 de fevereiro, no estádio Education City.

O Santos volta suas atenções para o Brasileirão, onde enfrenta o Grêmio, na próxima quarta-feira (3), às 16h, na Arena do Grêmio. O Palmeiras, por sua vez, tem jogo marcado contra o Botafogo para um dia antes, na próxima terça-feira (2), às 16h, no Allianz Parque.

VAVEL Logo