Náutico empata com CSA nos Aflitos e ambos seguem perto do Z-4
Divulgação / CBF

O Náutico não passou de um empate por 1 a 1 contra o CSA, na noite desta quinta-feira (19) no Estádio dos Aflitos e se mantém na parte de baixo da tabela do Brasileirão Série B 2022. Em um jogo equilibrado, o Azulão abriu o placar no primeiro tempo com Giva Santos e, na reta final da partida, o Timbu igualou o confronto com Victor Ferraz.

O jogo também foi marcado por mais um caso de violência, torcedores organizados do CSA jogaram pedra em direção à torcida da casa. 

Giva põe o Azulão na frente

Mesmo atuando fora de casa o CSA não tremeu diante da torcida adversária e partiu para cima. Logo aos três minutos Gabriel cobrou uma falta perigosíssima na meia lua e Lucas Perri fez uma boa defesa. Aos 23', Lourenço recebeu de Marco Tulio e arriscou de longe, ,as o goleiro salvou de novo uma bola difícil.

Mas na jogada seguinte não teve jeito para o Náutico. Em escanteio cobrado da esquerda, a bola foi desviada na primeira trave e ficou com o Gabriel na direita; Ele levantou para área, Diogo Renan ajeitou e Giva girou e tocou para o gol. O Timbu ainda tentou com o Rhaldney que mandou na meia lua, mas Marcelo Carné evitou o empate.

Timbu pressiona e busca o empate no fim

O Alvirrubro tentou empatar logo no minuto inicial em uma cabeçada de Rhaldney, mas Marcelo segurou firme a finalização. Mesmo com a pressão, faltava o último passe. Com isso, o Náutico não conseguiu furar o bloqueio adversário no começo da segunda etapa.

Só a partir dos 22' que o jogo vo. Em bom lance de Felipe Augusto, ele passou de todo mundo no meio e quase chegando na área soltou uma bomba, Lucas Perri espalmou. Melhor na partida o CSA chegou novamente com Bruno Mota que chutou de longe e também em um cabeceio de Dalberto, as duas chances foram evitadas pelo goleiro. 

O Timbu só veio acordar aos 35', em um levantamento na área, teve  bate rebate, a bola sobrou para o Léo Passos que tocou e o arqueiro adversário segurou. O Alvirrubro continuou em cima e a pressão deu resultado aos 40', em cobrança de escanteio pela direita pelo Pedro Vitor, Victor Ferraz subiu mais que todo mundo e empatou a partida. O Timbu ainda tentou a virada no final, mas ficou nisso mesmo 1 a 1, placar que não interessa para os dois times.

VAVEL Logo