Chapecoense sai na frente, mas toma virada do CRB e segue sem vencer em casa na Série B
Foto: Júlia Galvão/Chapecoense

Na noite desta terça-feira (21), a Chapecoense perdeu para o CRB dentro da Arena Condá por 2 a 1, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Éderson abriu o placar para a Chape, e Fabinho, duas vezes, garantiu a vitória para o Galo.

Tudo igual no primeiro tempo

A partida começou morna, com as duas equipes se estudando e buscando brechas para fazer uma investida. Apesar da baixa rotação, no começo do jogo Vagner cortou um cruzamento na medida, que encontraria Anselmo Ramon sem marcação embaixo da trave. Pouco depois foi a vez da Chapecoense responder. Num ótimo cruzamento da direita, Léo subiu sozinho e sem marcação, mas cabeceou por cima do gol.

Com a partida entrando no segundo terço da primeira etapa, as marcações se acertaram, dificultando a progressão das duas equipes e as criações. O equilíbrio parecia estabelecido, até que os donos da casa começaram a pressionar ainda mais o adversário e ter mais chances. O gol do Verdão do Oeste quase saiu, depois de um ótimo contra-ataque pela ponta esquerda. A primeira tentativa foi afastada, mas sobrou para Tiago Real, que de primeira mandou no cantinho e Diogo Silva se esticou todo para afastar o perigo.
 
O Verdão do Oeste dominava o partida, com mais posse, presença no campo de ataque, oferecendo mais perigo ao adversário e foi nesse momento que o susto apareceu. Após bom desarme, Anselmo Ramon recebeu ótimo passe, que girou lançando em profundidade para Emerson disparar em velocidade. O atacante do Galo ganhou do defensor, entrou na área e tocou tirando do goleiro Vagner, mas tirou demais e a bola passou a esquerda da trave.
 
Como resposta, a Chape partiu para cima do adversário e numa ótima jogada, a bola acabou sobrando para Éderson dentro da área. O atacante bateu firme para o gol, sem chances para Diogo Silva, abrindo o placar para os donos da casa aos trinta e quatro minutos.
 
Já no final da primeira etapa, o Galo chegou mais uma vez com perigo, batendo de fora da área, mas Vagner, atento, defendeu firme. No entanto, batendo os acréscimos, Fabinho recuperou a bola no campo de ataque, tabelou com Anselmo Ramon na entrada da área e bateu na saída do Vagner, que desta vez, nada pôde fazer para impedir o gol de empate.

CRB é cirúrgico e eficiente

A segunda etapa começou meio contida, mas logo pegou no embalo novamente, com a Chapecoense oferecendo bastante perigo para o goleiro do CRB. Na primeira tentativa, Fernando tabelou com Orejuela e bateu firme para o gol, mas Diogo Silva fez outra defesa espetacular, jogando para escanteio.
 
Na sequência, nova tentativa, desta e Orejuela bateu forte e rasteiro para dentro da pequena área, achando Éderson na segunda trave, sem goleiro, mas o defensor fez o corte providencial. Anselmo Ramon tentou dar a resposta para o Galo, num lindo voleio dentro da área, mas não pegou na veia e Vagner encaixou para a defesa.
 
No segundo terço da etapa final, a partida tornou-se incendiada novamente, com a volta da trocação de boas jogadas e finalizações de ambos os lados. O Verdão do Oeste teve grandes oportunidades e não aproveitou. Depois de martelar, Fabinho aproveitou o erro da defesa dos donos da casa e levou o Galo em velocidade para o ataque, entrou na área e bateu por baixo do goleiro, virando a partida e fazendo seu segundo gol na partida. O ditado do futebol continua valendo: "Quem não faz, leva".
 
Depois do gol da virada, o Galo passou a evitar as subidas e concentrou mais em fortalecer sua defesa, colocando sangue novo para firmar a marcação. A Chape, precisando do resultado, se lançou totalmente ao ataque, intensificando a movimentação e as investidas pelos flancos, mas sem tranquilidade. Apesar de todo o esforço exercido, o Verdão do Oeste não teve êxito nas tentativas e acabou derrotada novamente com seus domínios.

Classificação e próximos confrontos

Com a vitória fora de casa, o CRB pegou o elevador e chegou a sétima posição, com 18 pontos. A Chapecoense, com a derrota, continua na 13º posto, com 15.
 
A Chapecoense volta a campo na segunda-feira (27), contra o Operário, no Paraná, às 20h. O CRB volta a campo na quarta-feira (29), contra o Tombense, em Alagoas, às 21h30.
VAVEL Logo