Com desfalques, Santos visita Deportivo Táchira pela Sul-Americana
Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos incia na noite desta quarta-feira (29), sua caminhada no mata-mata da Copa Sul-Americana. Fora de casa, o Peixe enfrenta o Deportivo Táchira, às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Pablo Nuevo, em San Cristobal, na Venezuela.

As duas equipes se enfrentaram pela última vez na Copa Libertadores de 2011. Na época, o Santos de Neymar e cia venceu no Pacaembu por 3 a 1, carimbando sua vaga para as quartas de final da competição e seguindo caminho para o título continental.

  • Santos com muitos desfalques

A equipe de Fabian Bustos chega para o confronto com um retrospecto recente bem aquém das expectativas do torcedor. Nos últimos 10 jogos, apenas uma vitória. Além disso, o técnico não poderá contar com 10 jogadores: John (suspenso), Léo Baptistão (suspenso), Lucas Barbosa (suspenso), Madson (lesão na coxa esquerda), Maicon (lesão na coxa direita), Rodrigo Fernández (desgaste físico), Marcos Leonardo (desgaste físico), Eduardo Bauermann (trabalho preventivo), Ricardo Goulart (trabalho preventivo) e Sandry (Covid-19). Com isso, a equipe para o jogo desta noite será um time misto, com titulares e reservas em campo.

Provável Escalação do Santos: João Paulo, Auro, Kaiky, Emiliano Velázquez e Lucas Pires (Felipe Jonatan); Vinícius Zanocelo, Camacho e Bruno Oliveira; Ângelo, Rwan (Jhojan Julio) e Bryan Angulo. Técnico: Fabian Bustos.

O Deportivo Táchira chegou no mata-mata da Copa Sul-Americana via Libertadores, onde esteve no Grupo A da competição, com Palmeiras, Emelec e Independiente Petrolero. Com a terceira colocação, a equipe se classificou automaticamente para o mata-mata da Sul-Americana. Na atual temporada, o time venezuelo só perdeu duas vezes em seus mandos, ambas as derrotas na Copa Libertadores, para Palmeiras e Emelec.

No Campeonato Venezuelano, o Táchira ocupa hoje a quarta colocação, com 26 pontos, cinco atrás do primeiro colocado.

Provável escalação do Deportivo Táchira: Varela; Camacho, Gutiérrez, Marrufo, Benítez; Chacón, Flores, Caleta, Hernández; Simisterra e Uribe Técnico: Alex Pallarés
 

VAVEL Logo