Revanche? Rivalidade entre Fluminense e LDU ganha outro capítulo com novos personagens

Em 2008 e 2009, equipes decidiram a Libertadores e Sul-Americana, respectivamente, e equatorianos levaram a melhor. Será que desta vez o desfecho será diferente? Quem pode decidir?

Revanche? Rivalidade entre Fluminense e LDU ganha outro capítulo com novos personagens
Foto: Getty Images

Após oito anos, o Fluminense reencontra a LDU, na noite desta quinta-feira (14), às 19h15 (de Brasília), no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Justamente por essa competição, em 2009 o Tricolor sofreu uma das piores derrotas de sua história e os equatorianos se firmaram como principal algoz.

Na história do duelo, são seis jogos, três vitórias do Fluminense, duas da LDU e um empate, em Quito, justamente no primeiro confronto. Ambos nunca perderam em casa. Thiago Neves é o artilheiro com quatro gols - todos nos dois jogos da final da Libertadores de 2008 - seguido de perto por Mendéz, que marcou três no jogo de ida da decisão da Sul-Americana de 2009.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Apesar de apenas seis jogos na história, Fluminense e LDU decidiram duas finais em dois torneios diferentes, os mais importantes da América do Sul. História suficiente para ter grandes personagens. Além dos artilheiros Thiago Neves e Mendéz, como não se lembrar de Guerrón, destaque da Liga na campanha da Libertadores de 2008 e responsável por calar o Maracanã?

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Não podemos esquecer também do goleiro Cevallos, que além de fechar o gol na prorrogação, foi decisivo nos pênaltis ao pegar as cobranças de Conca, Thiago Neves e Washington, que garantiu o título da LDU na Libertadores de 2008.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Por fim, não podemos esquecer de Fred. O atacante foi um dos responsáveis pela arrancada que fez o Fluminense escapar do rebaixamento em 2009 e chegar na final da Copa Sul-Americana do mesmo ano. Fred balançou as redes na decisão no Maracanã, deu esperanças aos tricolores, mas acabou expulso após discutir com o árbitro e isso foi fator decisivo para o título da LDU.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

São muitos personagens importantes na história do duelo entre Fluminense e LDU. Nesta quinta-feira (14) começa a ser escrito um novo capítulo, com novos personagens, heróis e vilões. O desfecho será na outra quinta-feira, dia 21, em Quito. A VAVEL Brasil separou alguns jogadores que podem entrar para a história do confronto.

Henrique Dourado: o Ceifador é o artilheiro do Brasil em 2017 e briga por artilharia na Sul-Americana

Artilheiro do ano no Brasil com 27 gols e do Brasileirão com 13, Henrique Dourado é o principal candidato a ser o herói do Fluminense no duelo contra a LDU.

Na Copa Sul-Americana, Henrique Dourado tem quatro gols em quatro jogos, sendo três deles contra outro adversário do Equador, também de Quito, e rival da LDU: a Universidad Católica. Será que repete o desempenho? 

Foto: Divulgação/Fluminense FC

Barcos: algoz do Fluminense é candidato a ser herói da LDU e vilão tricolor 

No início do ano o Fluminense tentou a contratação de Barcos, mas o argentino acabou acertando com a LDU. Quis o destino que ambos se encontrassem nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O torcedor tricolor conhece bem o atacante. Barcos marcou contra o Fluminense quando defendeu o Palmeiras e o Grêmio. Agora, pela LDU, é a esperança dos equatorianos. Principal candidato a ser vilão do Flu mais uma vez, e herói da Liga.

Foto: Divulgação/LDU