Fritz vira contra Rublev e avança às quartas do Masters 1000 de em Cincinnati
Divulgação/ATP 

O #13 Taylor Fritz venceu o #8 Andrey Rublev em três sets, com parciais de 6/7(4), 6/2 e 7/5, nessa quinta-feira (18) para avançar às quartas de final no Masters 1000 de Cincinnati. Esta já é a melhor campanha do estadunidense no torneio.

O americano, que derrubou Nick Kyrgios em sua partida na segunda rodada, entrou inspirado na disputa, com golpes ofensivos potentes e com grande qualidade em suas defesas. Fritz aumentou seu recorde na temporada para 35-13 vitórias e é o terceiro estadunidense, depois de John Isner e Jack Sock, a chegar às quartas em três Masters 1000 numa temporada. 

"Eu senti que algumas vezes meu ritmo no saque estava indo embora, mas eu simplesmente não queria ir com uma quebra no segundo set. Eu tentei fazer bons saques, tomei mais riscos", explicou o número 13 do mundo em sua entrevista pós-jogo. "Eu pensei que no final do primeiro set eu fui muito passivo. Então disse a mim mesmo ara tomar mais chances (no segundo set)".

"Foi um grande jogo. Eu não ia deixar nada realmente me incomodar ou me afetar para me fazer perder o jogo. Todas vezes que algo não saiu do jeito que eu queria, eu tentei analisar e pensar sobre o que fazer na próxima vez para tentar e ganhar o ponto", continuou. 

No primeiro set, ambos os jogadores queriam firmar-se agressivamente, posicionando-se próximos à linha de base e tentando ditar os pontos. Rublev salvou um set point em 4/5 durante a primeira parcial, e conseguiu estender a disputa para um tiebreak e sair na frente na partida.

No entanto, Fritz aumentou sua intensidade no segundo set e aumentou sua consistência, cometendo apenas quatro erros não forçados para levar o confronto ao terceiro decisivo. O americano conseguiu controlar a pressão e manteve-se bem no jogo para finalizar após 2h32.

O que vem por aí

O próximo rival de Fritz no Western & Southern Open será o #1 Daniil Medvedev, que vem de triunfo sobre o #21 Denis Shapovalov com duplo 7/5.

VAVEL Logo