Com facilidade, Cilic bate Ramos-Vinolas e vai às semis em Xangai

Croata bateu espanhol no primeiro jogo de quartas de final e aguarda Nadal ou Dimitrov

Com facilidade, Cilic bate Ramos-Vinolas e vai às semis em Xangai
Cilic soube controlar os nervos para garantir vaga nas semis em Xangai (Foto: AFP)
Marin Cilic
2 0
Albert Ramos-Vinolas

Fazendo boas campanhas no ano, Marin Cilic confirmou mais um fácil triunfo na madrugada desta sexta-feira (13). Com o placar de 6/3 e 6/4, ele despachou o espanhol Albert Ramos-Vinolas nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai e confirmou que será o quarto melhor tenista do mundo na próxima segunda-feira.

Essa foi a quarta vez que o croata venceu no confronto. Foram seis partidas até hoje, sendo a primeira delas justamente em Xangai, quando, em 2011, o espanhol levou a melhor.

A vitória traz boas notícias para Marin: ele está agora a 15 pontos de distância de confirmar sua vaga no ATP Finals para juntar-se à Rafael NadalRoger Federer Dominic Thiem, que na segunda-feira também será anunciado em Londres, devido à diminuição do limite de pontuação nesta semana.

Mas com as atenções em XangaiCilic aguarda agora o vencedor do jogo entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o espanhol Rafael Nadal. Contra o primeiro, ele tem retrospecto positivo de 3 a 1, mas já contra o número um do mundo, leva desvantagem por 4 a 1.

O jogo

Atacando desde o princípio, Marin não teve dificuldades em confirmar seus primeiros games de serviço, mas também via problemas em devolver o primeiro saque de Ramos-Vinolas, perdendo 74% dos pontos assim disputados.

Mesmo com o adversário vencendo apenas 32% dos pontos com o segundo serviço, este também era o calcanhar de Aquiles do croata, que também venceu apenas 26% dos seus. 

O diferencial foi na calma. Com o mental em dia, Cilic teve tranquilidade para salvar três break points e soube controlar os nervos para quebrar o adversário na única chance que teve, vencendo o primeiro set por 6/3.

Na segunda parcial, o croata foi arrebatador: venceu todos os 16 pontos que disputou com o primeiro serviço. Mas novamente jogou mal com o segundo, e desta vez não teve calma para salvar o break, convertido pelo espanhol.

Mas se Cilic falhou em salvar a quebra, Albert não teve a mesma sorte: enfrentou incríveis nove break points e salvou apenas sete. Nos outros dois, Marin foi para cima e garantiu a vitória por 6/4, anotando um total de dez aces no jogo para seguir vivo em Xangai.

Tênis