Com marca histórica de Mbappé, Monaco bate Dortmund novamente e avança na UCL

Monaco e Borussia Dortmund se enfrentaram nesta quarta-feira (19), no Stade Louis II, no principado de Monaco, pelo segundo jogo das quartas de final da Uefa Champions League. Na ida, fora de seus domínios, o Monaco venceu por 3 a 2. A equipe comandada por Leonardo Jardim voltou a vencer, dessa vez por 3 a 1, com gols de Mbappé, Falcao e GermainReus descontou para os alemães.

Com o gol marcado nesta quarta-feira, o jovem Mbappé chegou à marca de 16 gols nos últimos 16 jogos.

O AS Monaco, agora, espera o seu adversário das semifinais, que será conhecido em sorteio nesta sexta-feira (21), às 8h (de Brasília), em Nyon, Suíça. Juventus, que eliminou o Barcelona nesta quarta-feira, além de Real Madrid e Atlético de Madrid, estarão presentes no sorteio.

Gols no início da partida aumentam vantagem do Monaco

Com a difícil missão de reverter uma grande desvantagem, o técnico Thomas Tuchel promoveu algumas alterações na equipe – como a saída de Dembélé. Apesar das tentativas do comandante dos aurinegros de modificar o panorama do confronto, do outro lado estava o jovem talento francês, Mbappé, que logo aos 3’ abriu o marcador, aproveitando rebote de Bürki para ampliar a já grande vantagem conquistada por sua equipe no confronto de ida.

Com esse gol, o Dortmund, a aquela altura, precisaria de três gols para avançar, complicando ainda mais a situação do time alemão. Para tentar reverter, os aurinegros foram ao ataque, e tiveram uma boa chance com Marco Reus, que completou cruzamento de Durm, mas a finalização do meia-atacante foi em cima do arqueiro Subasic. Os visitantes voltaram a assustar com muito perigo através de Nuri Sahin, em belíssima cobrança de falta, o meio-campista acabou acertando a trave do Monaco.

Dortmund crescendo, se aproximando do empate, mas a equipe não contava com misericórdia por parte de Falcao García, que aproveitou cruzamento de Lemar para dobrar a vantagem do time do Principado. Os donos da casa buscaram administrar a boa vantagem ao longo da etapa inicial, enquanto os visitantes, de forma tímida, chegavam ocasionalmente, mas não conseguiram alterar o panorama antes do intervalo.

Dortmund volta melhor, mas Germain marca no fim e decreta avanço do Monaco

Um gol logo no início certamente seria o ideal para o Dortmund, e foi justamente o que ocorreu, com Marco Reus, aproveitando ótima jogada de Dembélé, que entrara ainda na etapa inicial – lembrando que o atacante foi preterido nos onze iniciais. Apesar da reação inicial, o Monaco logo retomou o controle da partida e teve grandes oportunidades de ampliar ainda mais sua vantagem, com Radamel Falcao, todavia a finalização do centroavante foi para fora, assim como Bakayoko, minutos depois.

O sonho dos aurinegros chegou ao seu fim quando Piszczek foi interceptado por Lemar, que serviu Germain, com a frieza necessária de um centroavante, deslocar Bürki e dar números finais ao confronto. Os visitantes até tentaram diminuir o prejuízo nos minutos finais, mas as pernas já não respondiam como outrora, selando assim, a classificação do Monaco para as semi finais da Champions League.

VAVEL Logo