Após a conquista do bicampeonato francês, Griezmann ressalta: "Somos um time forte e unido"

Camisa 7 francês foi eleito o terceiro melhor jogador da Copa do Mundo com quatro gols e um dos importantes nomes da jovem seleção francesa

Após a conquista do bicampeonato francês, Griezmann ressalta: "Somos um time forte e unido"
(Foto: Divulgação/FFF)

A França conquistou o bicampeonato mundial neste domingo (15), após vencer a Croácia por 4 a 2 na final. Um dos destaques da seleção francesa foi Antonie Griezmann, eleito o melhor jogador da final, que em entrevista coletiva da FIFA falou sobre como está se sentindo com a conquista da Copa do Mundo e o orgulho que sente de todos integrantes que fizeram parte desse título.

"Honestamente, eu ainda não consegui assimilar o que isso representa. É uma alegria, estou muito orgulhoso deste time, dos jogadores, da comissão técnica, dos médicos. Nós somos um grupo realmente unido, temos reservas e titulares que pensam e trabalham da mesma forma. Nós somos história, vamos para a festa agora e amanhã para a festa com o povo francês", afirmou Griezmann.

O camisa 7 francês, foi eleito o terceiro melhor jogador da competição e conquistou o Prêmio FIFA Bola de Bronze. Além disso, foi o vice-artilheiro da edição de 2018, com 4 gols e ganhou Prêmio FIFA Chuteira de Prata. Com isso, foi perguntado sobre a Bola de Ouro da FIFA, mas disse que não é seu foco no momento.

"Não estou pensando na Bola de Ouro, estamos vendo o que está acontecendo, ainda tenho uma Supercopa para jogar, espero ter uma grande partida pelo meu clube. Neste momento eu realmente quero desfrutar, prazer com todo o país, ter descanso e estar pronto para a Supercopa. A Bola de Ouro não está em minhas mãos", explicou o atacante.

Vice-campeã da Eurocopa em 2016, a seleção francesa ganhou importantes nomes depois da derrota contra Portugal, principalmente o do jovem Mbappé que foi eleito a revelação da Copa de 2018. Logo, esses jogadores foram importantes para o técnico, Didier Deschamps, corrigir os erros da final em que perdeu o título da Euro.

"Muitos jogadores mudaram da Euro para cá. Novos jogadores chegaram e isso foi muito bom para nós. Pavard, Lucas, Mbappé, foi muito positivo, eles trouxeram muito valor à equipe. Nós vivemos juntos desde o início, eles nunca desanimaram, trabalharam muito conosco. É uma força. O técnico estava certo, fez as análises corretas, estou muito orgulhoso", disse o atacante do Atlético de Madrid.

Por fim, Griezmann ressaltou a força deste elenco francês e elogiou os companheiros de seleção. Também, disse que servirão de exemplo para os jovens da França e que estão entrando na história do esporte francês.

"Somos um time forte e unido. Tenho extraordinários companheiros, estamos entrando para história do futebol francês, ainda não realizamos o que é isso, mas estamos orgulhosos. Temos que desfrutar agora, levar uma boa imagem da França e dos jogadores para muitos jovens atletas tentarem fazer o mesmo", concluiu o atacante francês.

(Foto: Divulgação/FFF)
(Foto: Divulgação/FFF)