No fechamento da primeira rodada, Chile goleia Japão pela Copa América
(Foto: Reprodução / FCF)

Fechando a primeira rodada da Copa América, o Chile conseguiu ser mais eficaz que o Japão nas chances criadas e saiu do Morumbi com três pontos, dividindo a liderança do Grupo C. Da mesma forma que o Uruguai goleou o Equador, os chilenos golearam os asiáticos por 4 a 0. O placar foi elástico devido ao aproveitamento latino, que foi superior aos japoneses, criadores e desperdiçadores de oportunidades.

Momento aproveitado

Samurais chegaram ao ataque quatro vezes, mas só conseguiram finalizar ao gol em duas oportunidades — com Nakajima e Naomichi Ueda. Até aí, os chilenos sofriam com a agilidade adversária e chegavam ao campo de ataque sem efetividade.

Aos 34', Alexis Sánchez pegou sobra da entrada da área e chutou forte: bola passou raspando o travessão. No minuto seguinte, o mesmo Sánchez tentou novamente, dessa vez por baixo, e a bola tornou a passar perto, agora da trave direita do arqueiro japonês. As duas finalizações seguidas acenderam a torcida chilena e esquentaram o ritmo do jogo, que cai.

A pressão deu certo! Com o recuo japonês, o Chile ganhou três escanteios seguidos. E num deles, aos 41',  Charles Aránguiz botou a bola na cabeça de Erick Pulgar, que testou forte e sem chances para Osako (0 a 2).

Deslanchou no placar

Sem alterações na volta do intervalo, o jogo começou quase da mesma forma que o início do primeiro tempo: Japão melhor e Chile respondendo a altura. Entretanto, aos nove minutos, Isla chega pela direita e rola para Eduardo Vargas chutar de primeira da entrada da área; bola ainda desvia em zagueiro, tirando o arqueiro da jogada (0 a 2).

Como resposta, o Japão chegou com perigo logo em seguida, aos 12 minutos: Kubo, recém-contratado pelo Real Madrid, achou Ayase Ueda sozinho nas costas da zaga chilena, mas o atacante bateu de primeira para fora, perdendo excelente chance para os asiáticos. Cinco minutos depois, Kubo balançou as redes, porém o assistente flagrou o impedimento.

No momento em que o jogo esfriava, Sánchez recebe cruzamento de Aránguiz e mergulha na entrada da pequena área para ampliar aos 37 minutos (0 a 3). Na jogada seguinte, aos 38', Sánchez lança Vargas, que dá um toque de cobertura sobre o goleiro Osako (0 a 4). Depois do quarto gol, cada seleção ainda teve mais uma chance frustada de marcar.

 

Próxima rodada

Na segunda rodada, o Japão joga contra o Uruguai, às 20h da quinta-feira (20), na Arena do Grêmio. Já o Chile encara o Equador, também às 20h, mas no dia seguinte, na Arena Fonte Nova.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo