Chelsea controla Real Madrid, vence com brilho de Werner e fará final inglesa contra Manchester City
Foto: Divulgação/Chelsea

E pela terceira vez na história o Chelsea chega em uma final de Champions League! Nesta quarta-feira (5), o Chelsea bateu o Real Madrid por 2 a 0 no Stamford Bridge e confirmou sua vaga na final da Champions de 2020-21. Mount e Werner marcaram os gols da partida.

A partida de ida no Estádio Alfredo Di Stéfano acabou em 1 a 1, onde o Chelsea saiu na frente com gol de Pulisic, mas o Real logo empatou com gol de Benzema.

As outras finais com participação dos blues foram em 2007-08, quando o Manchester United foi campeão e em 2011-12, quando o Chelsea bateu o Bayern de Munique, ambas nos pênaltis.

Estatísticas

Voltando para a partida de hoje, curiosamente o controle do Chelsea foi sem a bola. O Real teve 68% de posse de bola, contra 32% do Chelsea, mas nas finalizações o Chelsea chegou 15 vezes, acertando cinco delas, contra sete do Real, que também acertou cinco delas. Esse controle fica evidente nas chances criadas e nas defesas de Mendy e Courtois.

E o jogo de hoje passou por N’Golo Kanté, que esteve presente em todo o campo, tocando a bola 45 vezes, acertando 85% dos seus 34 passes, acerando três passes importantes na partida e ainda sim vencendo quatro de seis divididas, com quatro interceptações feitas.

Outro destaque em campo foi Werner. Nos seus 67 minutos jogados ele finalizou duas vezes, bom ambas no gol, além de conseguir um drible completo. Com 30 toques na bola, ele acertou oito dos 15 passes, além de criar duas chances de perigo. O destaque final dele foi que em uma dessas chances ele abriu o placar, dando mais tranquilidade ao Chelsea.

Por parte do Real Madrid o principal destaque foi Luka Modric, com uma atuação gigante. Foram 104 (!) toques na bola, com 93 passes, onde ele acertou 92% deles (!!). Além disso ele conseguiu dois passes importantes, criando uma grande chance. Não menos importante, ele teve nove dividas, ganhando quatro delas.

Chelsea na final

A primeira chance de mais perigo foi aos 12, quando Rudiger encheu o pé de longe e obrigou o goleiro a espalmar para fora da área.

Aos 16 Modric bateu de fora da área e mandou nas mãos de Mendy, que ficou com a bola sem problemas. Mas um minuto depois o Chelsea deu seu primeiro susto. Na esquerda Chilwell chegou e cruzou rasteiro para Werner colocar no fundo das redes, mas ele estava em impedimento.

Uma das defesas cara a cara de Courtois (Foto: Divulgação/Real Madrid)
Uma das defesas cara a cara de Courtois (Foto: Divulgação/Real Madrid)

Com 25 minutos Benzema recebeu no meio, na entrada da área, girou em cima da marcação e bateu firme de fora, obrigando Mendy a espalmar para escanteio no canto esquerdo!

E aos 27, na jogada seguinte à bela defesa de Mendy, Havertz recebeu na esquerda, após uma bela tabela de Kante e Werner, e bateu de cavadinha, mas acertou o travessão. A bola subiu e caiu na cabeça de Werner, que só empurrou pro fundo das redes!

Aos 35, em um cruzamento de Mendy para a área, Benzema conseguiu cabecear no alto, mas Mendy espalmou por cima do gol, salvando o Chelsea!  

Mais controle e a classificação

Na primeira chance da segunda etapa, com um minuto, em um cruzamento da direita de Azpilicueta, Havertz foi no alto e cabeceou forte, acertando o travessão!

Em uma linda tabela na entrada da área, Mount achou Werner, que tocou de calcanhar para ele entrar na área e bater por cima do gol! Com 14 minutos, em um ótimo lançamento, Havertz saiu na cara do gol e bateu no chão, mas Courtois impediu o segundo gol do Chelsea!

Aos 19 Hazard recebeu na direita e bateu sem ângulo, obrigando Mendy a espalmar para longe. No lance seguinte Werner escapou pelo meio, arrancou do meio de campo e tocou para Kanté na esquerda, que bateu forte, mas Valverde conseguiu se recuperar e tirar o chute com um carrinho!

Mount e Pulisic comemorando o segundo gol (Foto: Divulgação/Chelsea)
Mount e Pulisic comemorando o segundo gol (Foto: Divulgação/Chelsea)

E aos 28 o Chelsea chegou mais uma vez, com um escanteio de Pulisic, que Thiago Silva foi mais alto na primeira trave e desviou para fora.

A partida seguiu com o Chelsea dominando e isso veio a fazer a diferença aos 39 minutos, quando Kanté ficou com a bola na intermediária de ataque, em uma roubada de bola. Ele achou Pulisic na direita, que recebeu na área, se ajeitou e cruzou rasteiro para Mount chegar batendo pro gol na pequena área, para ampliar o placar e praticamente eliminar o Real Madrid!

Próximos jogos e a grande final

O Real Madrid entra em campo no próximo domingo (9), às 16h, quando recebe o Sevilla em mais um jogo decisivo de La Liga. Já o Chelsea encara o Manchester City no sábado, às 13h30.

Curiosamente essa partida será um ‘spoiler’ da final da Champions League do dia 29 de maio, pois o Chelsea enfrentará na final o Manchester City.

VAVEL Logo