Náutico e Salgueiro duelam pela terceira rodada da Copa do Nordeste
Foto: Léo Lemos/Náutico

Náutico e Salgueiro duelam pela terceira rodada da Copa do Nordeste

Alvirrubro vem de goleada, mas ainda não convenceu neste início de temporada

miguel-angelo
Miguel Inácio

Ainda sem engrenar na temporada, o Náutico enfrenta o Salgueiro, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, às 16h, horário local, deste sábado. Mesmo com a vitória sobre o Sergipe, na rodada anterior do Nordestão, e o passeio para cima do Petrolina, no Pernambucano, a equipe Timbu ainda deixa a desejar neste começo de temporada e pode ter uma pedreira pela frente.

O Carcará é vice-líder do grupo A da Copa do Nordeste, com quatro pontos em duas partidas. Venceu o Confiança em Aracaju e empatou com o Botafogo-PB em casa. No estadual, é o terceiro colocado, com seis pontos, conquistados com as vitórias sobre o Flamengo de Arcoverde e o Vitória das Tabocas. Única derrota da temporada até agora veio contra o líder do Campeonato Pernambucano, Central.

O Náutico vem menos tranquilo. O técnico Márcio Goiano acabou sendo pressionado após resultados adversos no início desta temporada, que já conta com três derrotas em cinco partidas do Timbu. Mas, após a goleada por 5 a 0 contra o Petrolina, no Pernambucano, a expectativa é que os Alvirrubros apresentem um futebol mais consistente.

Salgueiro com desafio pela frente

Se depender do retrospecto recente, a parada vai ser dura para o Carcará. Nas últimas quatro vezes em que se enfrentaram, o Náutico venceu três, e outra foi empate. Porém, as vitórias Alvirrubras foram todas com mando de campo do Timbu, que não vence o Salgueiro, jogando no sertão pernambucano, desde maio de 2016, em partida válida pelo estadual.

Mas o Salgueiro tem que ficar atento se quiser manter a invencibilidade no Nordestão. Se, por um lado, o ataque já marcou 14 vezes em cinco partidas, a defesa sofreu oito tentos. O técnico Sérgio China saiu em defesa do goleiro César Tanaka, criticado após falhar contra o Flamengo-PE, pelo Campeonato Pernambucano.

“Luciano teve a oportunidade, vai ter, está treinando muito bem, com Gideão, são três grandes goleiros. E quem joga no sábado é o próprio Cesar, vai jogar de novo. Sabe porquê? Porque nesse momento a gente tem que dar confiança, tem que dar moral para os atletas. A dificuldade e os erros acontecem. Aí amanhã, depois, erra Luciano, erra Gideão, eu vou tirar também?”, afirmou.

Apesar da confirmação do goleiro, o resto da escalação do Carcará não foi revelada por China. Como poupou alguns titulares contra o Flamengo-PE, na última quarta-feira (30), o Salgueiro deve vir com força máxima, entrando em campo com Cesar Tanaka; Guilherme Lucena, Jamerson, Felipe Gabriel e Léo Carioca; Escuro, Bruno Sena, João Paulo e Tarcísio; Muller Fernandes e Willian Anicete.

Náutico desfalcado

Os Alvirrubros, por outro lado, colocaram força máxima em campo na goleada contra o Petrolina, também na última quarta-feira (30). Por isso, alguns jogadores da equipe recifense não viajaram para o sertão pernambucano, dentre eles, Jorge Henrique e Robinho, considerados titulares. Rafael Pereira, Hereda, Nahuel Cisneros e Camutanga também não viajaram.

O Náutico ainda terá outro desafio durante a partida: a temperatura. A previsão meteorológica aponta que fará entre 36 e 38 graus celsius durante o jogo no Cornélio de Barros. O volante Josa comentou os desafios que a equipe terá que enfrentar em Salgueiro.

"Sabemos que será um jogo muito difícil e estamos preparados para isso. Nunca é fácil jogar contra o Salgueiro no Cornélio de Barros. Eles estão acostumados ao campo, que normalmente tem uma grama mais alta do que estamos acostumados. Mas vamos procurar nos adaptarmos o mais rápido possível. No fim, o campo e o calor são para os dois times", disse Josa.

O time de Márcio Goiano deve ir a campo com Bruno; André Krobel, Diego Silva, Sueliton e Assis; Josa, Jimenez (Matheus Carvalho), Luiz Henrique e Lucas Paraíba; Fábio e Wallace Pernambucano.

VAVEL Logo