Diniz revela expectativa para estreia de Ganso: “Jogador muito inteligente” 
Foto: Lucas Merçon/ FFC

Diniz revela expectativa para estreia de Ganso: “Jogador muito inteligente” 

Treinador aponta que o camisa 10 tem tudo para jogar e revela influência de problemas fora de campo

vitor-melo
Vitor Melo

O Fluminense vive dias difíceis fora das quatro linhas. Além do revés para o Vasco no último domingo, 17, pela final da Taça Guanabara, o Tricolor sofreu denúncias na esfera judicial e conta com problemas envolvendo o atraso salarial de seus atletas. Contudo, estes fatos ficam em segundo plano quando o assunto se trata de Paulo Henrique Ganso.

Nesta quinta-feira, 21, em entrevista coletiva, Fernando Diniz se pronunciou sobre a expectativa que cerca a possível estreia do seu camisa 10, amanhã contra o Bangu, às 21h, no Maracanã. A equipe busca se restabelecer dentro de campo e virar a chave na Taça Rio. Para isso, o Flu conta com o reforço de Ganso, que, segundo o comandante, tem tudo para entrar em campo. 

"Tem uma tendência dele jogar e fazer a estreia. Acho que ele já está agregando, a vinda dele para cá já mobilizou a torcida, internamente o ambiente ficou mais positivo. Quanto ao percentual que ele vai levar para conseguir render o máximo, eu não consigo falar precisamente, eu não sei qual é o estágio que ele está agora, mas tem conseguido fazer bons treinos. É um jogador muito inteligente", disse o treinador.

Ele continua: "Acredito que o sistema que a gente aplica, favorece muito o estilo de jogo do Ganso. Então, a minha expectativa com ele é muito boa, pelo feedback que ele está me passando, a tendência é que ele consiga rapidamente jogar muito bem", afirma. 

Nos gramados, o Flu vive um momento de euforia com a chegada do novo reforço. Entretanto, não se pode dizer o mesmo diante da conturbada fase do clube envolvendo as condições extracampo. Ciente deste panorama negativo, Diniz revelou que os fatos influenciam, porém, deixou claro que o ambiente externo pouco abala o rendimento de sua equipe no certame. 

"Tudo que aconteceu de fato, influencia. Mas a gente está aqui para isso mesmo, para fazer com que esses movimentos externos entrem na equipe de maneira positiva. A gente teve que se juntar mais para resolver a situação e, hoje, já está tudo resolvido no sentido de a equipe estar muito coesa, querendo jogar bem, trazendo alegrias para o torcedor, que é o desejo de todo mundo", finaliza.

O Fluminense volta a campo na próxima sexta-feira, 22, quando encara o Bangu, às 21h, no Maracanã, pela primeira rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

MEDIA: 5VOTES: 3
VAVEL Logo