Em jogo de seis gols e três pênaltis, Santos arranca empate do Grêmio no fim
Lance da partida entre Grêmio e Santos disputada na tarde desta quarta-feira, em Porto Alegre/RS, em partida valida pela Campeonato Brasileiro 2020. Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Grêmio e Santos ficaram no empate de 3 a 3, em Porto Alegre/RS, em jogo válido pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, realizado nesta quarta-feira (3). Diego Souza, Jean Pyerre e Pepê fizeram para o tricolor enquanto Kaio Jorge, Arthur Gomes e Madson marcaram os gols do peixe; confira como foi.

A partida teve seis cartões amarelos distribuídos, e um vermelho. Três dos seis gols saíram em cobranças de pênalti, sendo dois por conta de bola na mão de jogadores gremistas.

Primeiro tempo truncado

Com força máxima, o Grêmio começou ditando o jogo, mas com dificuldades na armação de jogadas. Compacta, a defesa santista fechava bem os espaços. No primeiro ataque na partida, aos sete minutos, o Santos abriu o placar. O zagueiro Luan Peres deu uma de ponta e, já dentro da área, tocou para Kaio Jorge que de primeira mandou para as redes.

O gol não assustou o tricolor gaúcho, que seguiu tentando encontrar alguma infiltração. O Peixe cresceu um pouco no jogo, mesmo tendo desfalques importantes de Marinho e Soteldo. Porém, teve dificuldades em armar jogadas. Fora o gol, houve apenas outro chute contra à meta do goleiro Vanderlei.

Aos 36 minutos, nas poucas infiltrações bem sucedidas do Grêmio, o atacante Pepê acabou derrubado pelo lateral Pará dentro na área. Pênalti. Na cobrança, Diego Souza deixou tudo igual.

Grêmio fatal no começo, mas Santos faz dois em cobranças de pênalti

O time de Renato Gaúcho precisou de apenas 40 segundos para virar a partida: 2 a 1. Numa troca de passes e tabela, Jean Pyerre marcou. A equipe do técnico Cuca sentiu e levou o terceiro seis minutos depois. Em uma construção parecida com o primeiro gol, Pepê aumentou a vantagem. O Grêmio conseguiu em cerca de sete minutos, o que tentou durante todo o primeiro tempo.

Com os dois tentos tomados, o Peixe ficou recuado e só foi “entrar” no jogo aos 20 minutos. Numa jogada de ataque, o árbitro visualizou o momento em que a bola bateu no braço aberto do volante tricolor Matheus Henrique, dentro da área. Na cobrança, Arthur Gomes converteu.

Depois, disso, o jogo ficou disputado no meio de campo até o final, com bastantes marcações de falta e reclamações com o juiz. Já nos acréscimos, em uma cobrança de escanteio do Santos, Luiz Fernando estava com o braço aberto e interferiu no lance. De início, o juiz não assinalou a penalidade, mas após checagem no VAR, marcou. Na cobrança, Madson sacramentou o resultado: 3 a 3.

Classificação e próximos jogos

Com o empate, o Grêmio chegou aos 53 pontos, estacionado na 7ª colocação, sem poder ser ultrapassado nesta rodada. No dia 8 de fevereiro, o tricolor viaja até o Rio de Janeiro/RJ, onde enfrenta o Botafogo.

O resultado já não foi tão legal para o Santos. Eliminado recentemente da Libertadores, o time almeja pontuar o máximo possível, para que não fique de fora do próximo torneio continental, caso haja G-8. O Peixe está na 8ª posição, com 46 pontos – seis a menos que o Grêmio.

Na próxima rodada, no sábado (6), a equipe santista joga fora de casa com o Atlético-GO.

VAVEL Logo