Atlético-MG reage no segundo tempo e empata com La
Guaira pela Libertadores
Atlético-MG e La Guaira empatam na estreia (Foto: Divulgação/Conmebol)

O Atlético-MG estreou com empate, em 1 a 1, na Venezuela, no jogo contra o Deportivo La Guaira, pela Copa Libertadores, nesta quarta-feira (21). O zagueiro Adrián Martínez marcou para o time da casa na etapa inicial, e Zaracho igualou no segundo tempo.

Gols e melhores momentos de Deportivo La Guaira 1 x 1 Atlético-MG pela Libertadores

O outro jogo da chave, América de Cali e Cerro Porteño ocorre ainda nesta quarta, às 23h (de Brasília), na Colômbia.

Galo demora a entrar no jogo

Com uma proposta defensiva, o La Guaira marcava na defesa com uma linha de cinco jogadores, dificultando infiltrações de atletas do Atlético-MG. Por conta disso, o time brasileiro encontrou dificuldades em criar por baixo, tendo como alternativa os cruzamentos.

A primeira finalização do jogo ocorreu aos 17 minutos, numa chegada da equipe venezuelana em que Everson foi obrigado a se esticar para fazer a defesa. Um minuto depois, o gol inaugural. O zagueiro Adrián Martínez roubou a bola no campo de ataque, driblou vários marcadores e chutou com categoria. Houve falha grotesca do lateral Guga, no lance.

Até os 27 minutos, o Atlético-MG já havia feito 14 cruzamentos, o que evidenciava uma carência em criar situações, devido ao jogo seguro do La Guaira. Além disso, o time alvinegro apresentava muitos erros individuais, que ocasionavam em oportunidades para o adversário.

E, mesmo com a proposta defensiva armada pelo técnico Daniel Farías, a equipe da casa conseguia atacar mais, passados 30 minutos.

A primeira grande oportunidade do Atlético-MG foi aos 32 minutos, numa cabeçada de Vargas, após novo cruzamento. Depois disso, o time mineiro cresceu no jogo, pressionou os venezuelanos, mas não conseguiu igualar o placar até o final do primeiro tempo. Os melhores lances do Galo foram, todos, em arremates de fora da área.

Zaracho marca, e Everson faz grandes defesas

No segundo tempo, o Galo teve 78% da posse de bola, segundo o Sofascore. Foi, basicamente, jogo de um time só. O La Guaira fazia apenas a segunda partida em 2021. Os atletas, sem ritmo, perderam o gás para a etapa final.

Mesmo diante disso, o Atlético-MG continuou abusando dos cruzamentos, pois taticamente o time foi pobre. Aos 11 minutos, já haviam ocorrido 11 bolas lançadas para a área. A partida terminou com 60 chuveirinhos, ao todo, feitos pelos jogadores do time mineiro.

Cuquinha promoveu a entrada de Zaracho para os 45 minutos finais, e o argentino mudou o meio campo do Galo, pelo o menos, até a metade do segundo tempo. Era o atleta que mais buscava o jogo e aparecia para finalizar.

E foi com ele que o Atlético-MG empatou, aos 21 minutos. Num chute forte de Arana, o goleiro Olses espalmou e Zaracho pegou a sobra.

 

O La Guaira só foi finalizar aos 25 minutos. Peña e Darwin González foram os que mais geraram situações de perigo. Everson, em pelo o menos três oportunidades, evitou uma possível vitória dos venezuelanos.

Já no fim, o Atlético-MG diminuiu o ímpeto ofensivo, porém, travou, também, na grande atuação do goleiro Olses, de apenas 20 anos.

O que vem por aí

No sábado (24), o Galo entra em campo pelo Campeonato Mineiro, contra o Athletic Club, às 19h, em São João Del Rei. Líder na tabela e sem chances de ser ultrapassado, Cuca colocará um time misto, já visando o próximo confronto na Libertadores, dia 28 de abril, com o América de Cali, no Mineirão.

O La Guaira também volta a jogar no sábado, só que pela segunda rodada do Campeonato Venezuelano, contra a Academia Puerto Cabello. Na competição continental, os venezuelanos vão encarar o Cerro Porteño na próxima rodada, no Paraguai.

VAVEL Logo