No retorno aos torneios de nível WTA, Bia Haddad cai para Dart em Chicago
Foto: Divulgação/WTA

Número 1 do Brasil, a #116 Beatriz Haddad Maia vem em grande temporada nos torneios ITF, mas disputou nesta terça-feira (28) seu primeiro jogo em chaves principais em nível WTA pela primeira vez desde julho de 2019, quando caiu na segunda rodada de Wimbledon.

A adversária foi a mesma, e o resultado, infelizmente para a brasileira, também. Na primeira rodada do WTA 500 de Chicago, a britânica #141 Harriet Dart,, que entrou na chave como lucky loser, repetiu o placar de Wimbledon há dois anos. Ela anotou 2 sets a 1 diante da brasileira, parciais de 6/1, 3/6 e 6/1, em 2h11.

Depois de Wimbledon 2019, Bia Haddad teve uma punição por doping, que a brasileira comprovou que aconteceu de forma acidental. Desde o ano passado, ela conseguiu grandes resultados que a colocaram perto do retorno ao top 100. A vitória no mais alto nível, porém, ainda vai demorar mais um pouco.

Bia Haddad tropeça nos erros não-forçados

Vindo de triunfos tranquilos no qualifying, a brasileira acumulou muitos erros não-forçados no primeiro set. Dart chegou a abrir 4/0 antes de Haddad Maia marcar seu primeiro game e só precisou de 29 minutos para fazer 6/1.

O segundo set foi bem diferente. Bia Haddad diminuiu os erros, resistiu melhor aos ralis e subiu o nível no saque. Apesar de ter cedido três break points, só foi quebrada quando sacava em 5/2, mas rejeitou o serviço de Dart pela terceira vez em sequência logo no game seguinte e fechou com 6/3, em 53 minutos.

No terceiro set, o segundo game acabou sendo decisivo para o resultado final. Bia Haddad teve um break point no game mais longo da partida, que teve 12 pontos, mas Dart confirmou. Daí para frente, os erros não-forçados da brasileira retornaram em alta quantidade, e a britânica acabou vencendo os últimos seis games da partida, fechando em 6/1, após 49 minutos.

O que vem por aí

Com a campanha no Chicago Fall Tennis Classic,, Bia Haddad soma 25 pontos no ranking mundial, mas vai perder quatro posições na próxima atualização já que defendia 65. Na próxima semana, a número 1 do Brasil joga o qualifying do WTA 1000 de Indian Wells.

Dart segue à segunda fase no torneio estadunidense para enfrentar a russa #31 Veronika Kudermetova, cabeça de chave 12, que vem de vitória em três sets sobre sua compatriota #151 Anna Kaliskaya.

VAVEL Logo