Pellegrini afirma que veteranos na Seleção Italiana ajudam a estimular jogadores mais jovens

Meia central na seleção italiana, Lorenzo Pellegrini, comentou sobre a convocação de jogadores mais velhos no jovem elenco italiano. Depois do amistoso que terminou em empate de 1 a 1 na tarde dessa terça feira (27), o jogador de 21 anos falou a respeito da atuação da seleção que, depois de 60 anos, não irá a Copa do Mundo.

Ontem no Wembley o novo técnico da ItáliaLuigi Di Biagio, relacionou para o jogo quatro jogadores com idade acima dos 30 anos: o goleiro ídolo Buffon da Juventus (40 anos); o meio campista Marco Parolo da Lazio (33); o atacante Candreva da Internazionale (31) e o experiente zagueiro Bonucci do Milan (30). Para alguns, jogadores que poderiam ser poupados no amistoso e até já chegados aos seus limites, para Pellegrini: "pontos de referência para nós, jovens". Desses, apenas o goleiro Buffon não jogou na partida.

O jogador que atua na Roma jogou quase todo o jogo - foi substituído aos 34 minutos do segundo tempo - e não estava no campo quando Insigne deixou o placar igual já nos minutos finais. Lorenzo jogou no meio campo ao lado de Jorginho (brasileiro naturalizado italiano) e o veterano Parolo.

"Eu vi um time que tinha a fome certa, com o desejo de se recuperar e vencer", comentou o jogador na saída de campo após o jogo.

Pellegrini atuou até os 79 minutos da partida (Foto: Claudio Villa/GettyImages)
Pellegrini atuou até os 79 minutos da partida (Foto: Claudio Villa/GettyImages)

A Itália, em todo o jogo, acertou o gol inglês apenas duas vezes, em um total de nove finalizações e viu o atacante Vardy abrir o placar pro time da casa aos 26 minutos do primeiro tempo.

“Devemos lembrar que jogamos em Wembley contra um bom time da Inglaterra. Temos tempo para crescer e continuar trabalhando, e devemos explorar [esse tempo livre durante a Copa nesse ano] completamente porque queremos nos sair bem".

Apesar de posse de bola final semelhantes entre as equipes, a Inglaterra conseguiu chegar ao gol de Donnarumma seis vezes, e conseguiu oito escanteios.

“O que precisamos melhorar? Certamente em termos de atitude, mas existem alguns grandes jogadores que são pontos de referência para nós jovens. Nós os mantemos perto de nós", finalizou o jogador.

VAVEL Logo