Com a vitória apertada sobre o Palace, Klopp diz que tem muito a comemorar: "Foi um alívio"
Divulgação: Liverpool/Website Oficial

Com a vitória apertada sobre o Palace, Klopp diz que tem muito a comemorar: "Foi um alívio"

O treinador alemão não poupou palavras sobre o desempenho de Salah em sua coletiva de imprensa; atacante é o atual artilheiro da Premier League

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Após a emocionante vitória por 4 a 3 sobre o Crystal Palace em Anfield, o Liverpool e seu treinador têm muito a comemorar. Além dos momentâneos sete pontos de vantagem abertos sobre o vice-líder da competição, o Liverpool fez seu dever de casa e manteve o bom retrospecto em seus domínios.

Em sua coletiva de imprensa pós-jogo, Jürgen Klopp não conteve sua empolgação com o resultado e os 7 gols no jogo, apesar de admitir preocupação com a defesa:

“A principal emoção após o apito em tempo integral foi de alívio”, disse o treinador do Liverpool.
“Nós fomos dominantes no primeiro tempo, mas estávamos perdendo por 1 a 0. Fizemos de tudo para ser diferente na segunda etapa, mas suamos bastante”, complementou Klopp, bastante contente.

Abordado sobre as substituições necessárias para o jogo de hoje, Klopp rapidamente se explicou. Naby Keita, Joel Matip e James Milner entram no time principal:
"Tivemos alguns problemas durante a semana [...] Então tive que encontrar soluções e gostei da solução. Milner treinou a posição toda na semana (na lateral direita); Naby (Keita) treinou excepcionalmente bem, então eu gosto de mostrar quando vejo que podem trabalhar bem e fazer algo assim”, disse o manager.

“E o resto foi bem claro e direto que fazemos assim, já que Gini e Trent não estão ficaram disponíveis para hoje. Foi essa a razão para as escolhas”, finalizou o alemão.

Salah foi novamente um dos grandes responsáveis pela vitória na tarde de hoje. Autor de dois gols, o egípcio é hoje o artilheiro da competição, com 16 gols marcados. Sobre o craque, Klopp falou:

“Como habitual foi muito decisivo hoje. É um jogador que sempre fica muito atento a qualquer falha adversária e raramente os perdoa. Hoje não foi diferente”, afirmou Klopp.

VAVEL Logo