Sanchéz é eleito homem do jogo e Rueda elogia: "Qualidade muito grande"
Foto: Divulgação / Federação Chilena

O Chile venceu o Equador por 2 a 1, na noite desta sexta-feira (21), na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo C da Copa América 2019. A vitória deixou a La Roja na primeira colocação com seis pontos e  a vaga na próxima fase garantida. Agora, só resta a luta pela liderança do grupo, contra o Uruguai, segunda-feira (24), às 20h, no Maracanã.

Quem liderou o triunfo chileno foi o atacante do Manchester United, Alexis Sánchez. O camisa 7 fechou o placar aos cinco minutos do segundo tempo, quando aproveitou sobra de bola dentro da área e mandou de primeira para o fundo da rede do goleiro equatoriano.

O gol faz com que Sánchez chegue à artilharia da competição, com dois gols, ao lado de outros cinco: o também chileno Vargas, o brasileiro Philippe Coutinho, o colombiano Duván Zapata, o japonês Miyoshi e o uruguaio Luis Suárez. O treinador chileno, Reinaldo Rueda, foi só elogios.

"Acho que o trabalho que foi feito e a dedicação dele foram importantes, por isso que se celebra. É um ser-humano que tem uma qualidade muito grande e tem sempre um ótimo comportamento conosco", disse.

Sánchez teve uma temporada difícil na Inglaterra. Ele teve apenas 20 atuações, marcando apenas uma vez e dando três assistências. O pequeno número de participações foi por conta de duas lesões que, no total, o tiraram de 12 partidas. Além disso, Sánchez também sofreu uma terceira lesão, no tornozelo, já no fim da temporada, e desfalcou a seleção no amistoso de preparação para a Copa América contra o Haiti.

O camisa 7 chegou a ser dúvida para a competição, mas acabou se recuperando. Ao final da partida,  também aproveitou para elogiar o treinador.

"Primeiro falar do treinador e do apoio dos torcedores. Feliz pelo time, isso continua, foi um jogo muito duro e agora vamos ver o que acontece no próximo jogo, é continuar aprendendo", retribuiu Sánchez.

O jogo em si não foi dos mais bonitos, pelo contrário, foi eleito por algumas enquetes como o menos divertido da fase de grupos. Mesmo assim, Rueda acredita que sua equipe jogou com muita inteligência.

"Foi um jogo intenso, contra um rival muito difícil, jogamos com muita inteligência. Tivemos um bom resultado. Temos que pensar em recuperar o grupo, ver como ficamos e planejar o próximo jogo", finalizou.

O Chile agora vai em busca da primeira posição no grupo de 100% de aproveitamento, contra o Uruguai, na próxima segunda-feira (24), às 20h, no Maracanã.

VAVEL Logo