Bayern abre vantagem, mas cede empate ao Hertha e permanece instável

Com mudanças no comando do time bávaro, a equipe ainda continua fazendo uma campanha ruim sendo demonstrada no empate do jogo fora de casa contra o Hertha

Bayern abre vantagem, mas cede empate ao Hertha e permanece instável
(Foto: Reprodução / Hertha Berlin)
Hertha Berlin
2 2
Bayern de Munique
Hertha Berlin: JARSTEIN; WEISER, STARK, REKIK, PLATTENHARD; SKJELBRED, DARIDA (LUSTENBERGER); LECKIE, DUDA (VALENTINO LAZARO), HARAGUCHI (ESSWEIN); KALOU
Bayern de Munique: ULREICH; KIMMICH, BOATENG (SÜLE), HUMMELS, ALABA; MARTINEZ, TOLISSO; ROBBEN (THIAGO ALCÂNTARA), MÜLLER, RIBÉRY (COMAN); LEWANDOWSKI
Placar: 0-1, MIN 10., HUMMELS; 0-2, MIN. 49, LEWANDOWSKI; 1-2, MIN. 51, DUDA; 2-2, MIN. 56, KALOU.
ÁRBITRO: HARM OSMERS (ALE). CARTÕES AMARELOS: TOLISSO (MIN. 52), KIMMICH (MIN. 72)
INCIDENCIAS: PARTIDA ENTRE HERTHA BERLIN E BAYERN DE MUNIQUE, VÁLIDA PELA SÉTIMA RODADA DA BUNDESLIGA, NO OLYMPIASTADION.

Na primeira partida após a demissão de Carlo Ancelotti, neste domingo (1º) o Bayern de Munique foi a campo com o comando do técnico interino Willy Sagnol, ex-lateral bávaro e da seleção francesa. O jogo foi bem equilibrado com predomínio bávaro no primeiro tempo e recuperação espetacular do Hertha no segundo tempo, terminando assim com placar de 2 a 2 no Olympiastadion. Os gols foram marcados por Hummels, Lewandowski, Duda e Kalou.

Com o resultado, o Bayern subiu para segundo lugar com 14 pontos, mesmo número de pontos que o Hoffenheim, ficando na frente pelo saldo de gols, estando com 9 gols contra 5 do terceiro colocado. Mesmo estando na parte de cima da tabela, a campanha bávara não vem sendo das melhores comparada as últimas temporadas. Já o Hertha Berlin, que se saiu bem ao empatar a partida, vai para a 10ª colocação com 9 pontos, 1 atrás de Schalke 04Eintracht Frankfurt.

Na próxima rodada, após a data Fifa, as equipes vão a campo no sábado, 14 de outubro. Os bávaros recebem o Freiburg, na Allianz Arena, em partida que começa às 10h30. No mesmo horário, o Hertha enfrenta o Schalke 04, no Olympiastadion

Primeiro tempo equilibrado em Berlim

A estreia de Sagnol como treinador interino do Bayern foi marcada pela volta dos medalhões do time bávaro a campo: Robben, Ribéry, Boateng e Hummels voltaram a ser titulares após serem reservas diante do PSG na última quarta (27) pela Uefa Champions League. O time visitante entrou na partida querendo jogo e o primeiro gol não demorou a sair. Aos 10 minutos Boateng cruzou para área e Hummels subiu sozinho para cabecear e mandar a bola direto para o fundo das redes.

Mas o Hertha não ficou abatido e foi em busca do empate. Aos 15, Darida fez uma jogada individual, entrou na área e chutou cruzado, mas a bola foi para fora. Um minuto depois, em mais outra tentativa dos donos da casa, o juiz marcou pênalti na dividida de Javi Martínez com Darida dentro da área. Os bávaros pressionaram o juiz para utilizar o árbitro de vídeo, VAR, assim então Harm Osmers decidiu conferir o vídeo na lateral do campo juntamente em conversa com o VAR, e decidiu por voltar atrás e não marcar a penalidade.

O Bayern que dominava no começo do primeiro tempo começou a sofrer com uma melhora significativa do Hertha com suas chegadas perigosas ao gol bávaro. A Velha Senhora começou a pressionar, com Duda aos 22 e numa ótima chegada aos 32 que contou com bela defesa de Ulreich que salvou o Bayern após jogada individual de Kalou e o chute quase à queima roupa de Darida.

Os bávaros reagiram e quase fizeram o segundo. Aos 35, Stark evitou o gol do adversário ao afastar de cabeça o chute de cobertura de Lewandowski. O Bayern voltou a pressionar e levaram novamente perigo para a meta de Jarstein. Outra grande oportunidade de aumentar o marcador veio aos 43 minutos, Boateng lançou na área, Lewadowski rolou para Ribéry, que tocou de volta, o polonês girou em cima do zagueiro e chutou rente à trave. Os visitantes não conseguiram marcar o segundo, mas foram vitoriosos para o intervalo.

Hertha cresce no segundo tempo e vira o panorama da partida

O segundo tempo começou com o gás do time bávaro. Logo aos 4 minutos Lewandowski ampliou o placar. Boateng lançou para o polonês que ganhou no corpo a corpo e chutou na saída do goleiro para marcar seu 12º gol na temporada 2017/2018. Mas a resposta do Hertha foi rápida e as 6 minutos diminuiu o placar. Haraguchi driblou 3 marcadores dentro da área, cruzou para o meio e Duda, com o gol vazio, empurrou para o fundo das redes.

Aproveitando o embalo da Velha Senhora na partida, Kalou empatou para os donos da casa aos 11 minutos do segundo tempo. Após bola alçada na área, Tolisso falhou e a bola sobrou para o marfinense Kalou, cara a cara com Ulreich, mandar para o gol. A partida então mudou totalmente o panorama: agora era o Hertha Berlin que comandava as ações no ataque e dominava a partida.

Aos 15 minutos, Ribéry teve que ser substituído após contra-ataque, o francês caiu sozinho sentindo fortes dores no joelho esquerdo. O jogador saiu carregado de campo chorando de dor. O jogo deu uma esfriada depois da saída de Ribéry e ficou aberto para as equipes que se equilibraram no ataque até o final da partida. O Bayern ainda tentou marcar mais um gol, mas não teve forças para tal.

A partida terminou com resultado justo, Hertha melhor no segundo conseguiu alcançar o empate depois de sair perdendo por 2 a 0. E o alerta permanece ligado mesmo com a saída de Ancelotti, mantendo uma campanha abaixo do esperado nesta temporada.

Alemanha