Gre-Nal 415: Inter busca virada histórica contra Grêmio nas quartas de final do Gauchão
(Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional)

Na noite dessa quarta (21) às 21h45,  Internacional e Grêmio irão disputar o terceiro clássico Gre-Nal em um intervalo de 10 dias. O jogo é válido pelas quartas de final do Gauchão 2018, e será disputado no estádio Beira-Rio. Na partida de ida, vitória do Tricolor por 3 a 0 na Arena. Jogando o duelo da volta em seus domínios, o Colorado precisa vencer por quatro gols de diferença para se classificar no tempo normal. Já o Grêmio pode até perder por três gols de diferença - desde que marque um gol - que ainda sim garante a vaga, devido a regra do gol qualificado marcado fora de casa.

Departamento médico colorado segue lotado

O Inter divulgou a lista de relacionados para o clássico dessa quarta, e o destaque é a quantidade de jogadores lesionados. Danilo Fernandes (goleiro), Klaus (zagueiro), William Pottker (atacante) e Leandro Damião (centroavante) seguem indisponíveis. O meia Juan Alano sentiu um desconforto no joelho e juntou-se à lista de desfalques. No último treino antes da partida, realizado na terça (20), o técnico Odair Hellman fechou os portões e não confirmou os 11 titulares que começarão o Gre-Nal. Na defesa, a tendência é de que o lateral-direito Fabiano entre no time, com Edenílson voltando para o meio-campo. Rodrigo Moledo será o parceiro de zaga do argentino Víctor Cuesta. O centroavante Roger pode ganhar nova oportunidade, entrando na vaga de Marcinho.

Ciente da pressão da torcida, o capitão colorado, D'Alessandro, concedeu entrevista coletiva depois do treino e falou sobre vários assuntos importantes do clube. O argentino começou a coletiva convocando os torcedores a apoiarem a equipe no Beira-Rio e desabafou sobre as derrotas recentes no clássico:

"Temos que fazer um jogo perfeito. Primeiro, o primeiro gol. Pressionar o Grêmio quando pudermos, mas sem nos expor e ir passo a passo. Não adianta algo diferente ao que fizemos. Houve vários momentos diferentes. Acreditamos até o final. Doeu perder o Gre-Nal. O torcedor não dorme e nós também. Ninguém dorme. Ele precisa entender o nosso momento e que precisamos deles. Eles comemoraram muito. Eu sou o que sou pelo torcedor. Neste momento, peço que nos acompanhem. Trabalho não falta, dedicação não falta. Tentaremos dar a volta por cima", afirmou o camisa 10.

Servindo a Seleção Brasileira, Geromel é o único desfalque gremista

Se o rival passa por momento turbulento, o Grêmio chega no clássico em lua de mel com a torcida. Vivendo o melhor momento na temporada 2018, o Mosqueteiro voltou a jogar o futebol envolvente que levou à conquista da Libertadores no ano passado. O fato de ter vencido dois Gre-Nais em uma semana também foi fator fundamental para elevar a confiança dos jogadores e torcedores.

O capitão Maicon, que saiu no segundo tempo do último jogo acusando dores musculares, pode começar a partida no banco de reservas. Caso o meia não inicie o duelo, Arthur entra no meio-campo gremista. O futuro jogador do Barcelona, recém recuperado de lesão, ainda não iniciou nenhuma partida nessa temporada.

O único desfalque confirmado que o técnico Renato Portaluppi terá é o zagueiro Pedro Geromel, convocado por Tite para dois amistosos da Seleção Brasileira. Bressan e Paulo Miranda disputam a vaga na zaga. O argentino Kanemann, que ainda não perdeu nenhum clássico quatro disputados, manifestou confiança em qualquer um que será seu parceiro na dupla de zaga:

"Tanto Bressan como qualquer jogador fez o trabalho que tinha que fazer no tempo certo. Quando teve oportunidade de jogar, jogou muito bem. Se ele for escolhido vai dar bem. Se for o Paulo ou outro companheiro, também", declarou o zagueiro.

VAVEL Logo