Mertens salva match points, vence 11 últimos games e bate Pegula em Dubai; Krejcikova também avança
Foto: Divulgação/Dubai Tennis Championships

Em uma das grandes reviravoltas do ano, a #18 Elise Mertens conquistou vitória incrível sobre a #36 Jessica Pegula nas quartas de final do WTA 1000 de Dubai. A belga salvou três match points no segundo set e acabou vencendo os últimos 11 games da partida, garantindo a vitória com parciais de 5/7, 7/5 e 6/0, em 2h50. Este foi o segundo confronto entre as duas, e a segunda vitória de Mertens.

Só o primeiro set da partida durou 1h15. No total, foram 12 break points no total e cinco quebras de saque. Mertens chegou a sacar para o set em 5/4, mas acabou quebrada e perdendo oito pontos seguidos neste momento do jogo. Ela teve que servir em 5/6 para seguir no jogo, mas, com uma dupla falta, cedeu o set à Pegula.

Em sua melhor fase na carreira, Pegula parecia em controle na segunda parcial. Ela só havia enfrentado um break point até ser quebrada no nono game, quando sacava para a parcial de 5/3. Depois disso, porém, começou a incrível reação de Mertens. A belga teve que salvar três match points no seu serviço no décimo game, e, depois disso, conseguiu manter-se firme e aproveitou da queda de rendimento e da frustração da rival para atropelar.

A cabeça de chave 10 fechou o segundo set em 7/5, após 1h07, e só precisou de 27 minutos para garantir a vitória na parcial decisiva. Mertens venceu 100% dos pontos com o primeiro saque na última série - perdeu três pontos no serviço no total - e conquistou 11 games consecutivos para alcançar pela primeira vez as semifinais em Dubai.

Nas semifinais do Dubai Tennis Championships, Mertens tem parada duríssima. Ela encara a vencedora do confronto entre a #8 Aryna Sabalenka e a #16 Garbiñe Muguruza.

Krejcikova alcança resultado inédito

Do outro lado da chave, nenhuma cabeça de chave resta na disputa. A primeira semifinalista é a #63 Barbora Krejcikova, que vem de vitória contundente sobre a wildcard #88 Anastasia Potapova. A tcheca anotou 6/0 e 6/2, em apenas 1h04.

Potapova, 19 anos, vinha de grandes vitórias em sequência sobre Madison Keys e Belinda Bencic, mas não conseguiu repetir o bom rendimento contra a tcheca. Mesmo assim, conseguiu sua melhor campanha na carreira em torneios desta magnitude.

Krejcikova, na segunda vez disputando um WTA 1000, alcança sua primeira semifinal. A campanha em Dubai leva a tcheca ao menos até a 50ª posição do ranking, sua melhor na carreira.

Em busca de uma vaga à decisão, ela encara a vencedora do confronto entre a #40 Cori Gauff e a #54 Jil Teichmann, que também fazem suas melhores campanhas em um torneio da série WTA 1000.

VAVEL Logo