Liverpool x Flamengo: um verdadeiro duelo de titãs
Foto: Reprodução / Fifa

[Por: Luis Carbajal à VAVEL Espanha, adaptado à VAVEL Brasil. Artigo original aqui]

O Liverpool,  depois de ter feito o dever de casa contra Monterrey na semifinal, terá uma oportunidade de luxo para conquistar seu primeiro título da Copa do Mundo de Clubes. Mas o Flamengo, algoz do Al-Hilal, busca o bi. A UEFA é o dominador absoluto da competição: 32 títulos nas honras, enquanto a CONMEBOL é o perseguidor mais próximo: 26. 

Ao longo da década atual, as duas confederações se encontraram cinco vezes; os europeus tiveram sucesso em 2011 (Barcelona), 2014 (Real Madrid), 2015 (Barcelona) e 2017 (Real Madrid), respectivamente. Por sua vez, os sul-americanos apenas uma vez em 2012 (Corinthians). O gigante inglês concentrou todas as suas cartas no evento do Mundial, que ocorre no território do Catar e, no caso do Flamengo, ele traçou um marcador adverso pela segunda vez. 

A décima sexta edição terá seu dia decisivo, neste sábado (21), nas semifinais, Al-Hilal Saudí e Rayados de Monterrey se enfrentarão pela medalha de bronze. Embora o título da Copa do Mundo de Clubes seja definido entre dois gigantes, embora a grande maioria dos torcedores do mundo o considere um grande favorito no time anterior para o time inglês. Ambas as partidas serão disputadas no Estádio Internacional Khalifa, em Doha.

Liverpool e Flamengo, miram alto em uma verdadeira partida de titãs

O Liverpool teve que escolher. Enviou sua equipe principal para o Catar, o sonho mundial começou com o pé direito dos liderados por Jürgen Klopp: ele venceu o Rayados de Monterrey por 2 a 1 na segunda semifinal com Naby Keita e Roberto Firmino . Os "Reds" do dia anterior foram eliminados pelo Aston Villa com um time B na Copa da Liga Inglesa. 

Por outro lado, o Flamengo perdia por 1 a 0 frente ao Al-Hilal Saudí, mas tudo ficou por 3 a 1. O "Mengão" passou por uma situação semelhante contra o River Plate na final da CONMEBOL Libertadores, disputada no Estádio Monumental de Lima. André Carrillo, o experiente jogador peruano, foi expulso após uma agressão a Giorgian de Arrascaeta . 

A América do Sul ao longo da década atual disputada enfrentou a Europa cinco vezes na grande final, acumulando uma vitória e quatro derrotas. A CONMEBOL tem uma sina em curso desde que seu último representante que conquistou o título foi o  Corinthians, no Japão em 2012, quando enfrentou o Chelsea e venceu graças ao gol de Paolo Guerrero.

A diferença entre os dois continentes mais futebolistas do mundo é muito grande, tanto no nível do clube quanto nas seleções. Os títulos mundiais de ambas as categorias mostram isso por vários anos.

Repetição

Em 1981, no âmbito da Copa Intercontinental, o Flamengo derrotou o Liverpool por 3 a 0 em Tóquio. O que o encontro entre os campeões da América do Sul e Europa nos trará em 2019?

Objetivos definidos

Ambos têm um objetivo comum de conquistar a Copa do Mundo de Clubes da FIFA, o único representante inglês que a conquistou com a denominação atual foi o Manchester United, de Sir Alex Ferguson, no Japão de 2008. Nessa final ele venceu pela diferença mínima em relação à LDU de Quito

Para o Liverpool, em sua última experiência contra São Paulo no Japão de 2005, o título da Copa do Mundo foi ilusório para o gigante inglês. Um novo capítulo da intrigante rivalidade entre América do Sul e Europa nos espera no último dia da décima sexta edição. No total, seis jogos foram disputados, 25 gols foram marcados com uma média de quatro por jogo. Jurgen Klopp e Jorge Jesus, os dois melhores treinadores de hoje, serão medidos.

Ambos chegam com grandes expectativas para a partida, Mohamed Salah, Virgil Van Dijk e Sadio Mané terão uma grande oportunidade de demonstrar todo o seu potencial. Os "vermelhos" são considerados pela grande maioria dos fãs em todo o mundo como os principais candidatos.

Ficha de Flamengo 3x1 Al-Hilal

Ficha de Monterrey 1x2 Liverpool

VAVEL Logo