Klopp exalta vitória do Liverpool sobre Wolverhampton: "Jogamos e fomos ditados pela torcida"
Reprodução/Liverpool

Klopp exalta vitória do Liverpool sobre Wolverhampton: "Jogamos e fomos ditados pela torcida"

Treinador alemão acredita que a influência de fora "moldou" o jogo durante um tempo, mas valoriza o que seu time produziu durante os 90 minutos

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Alcançar incríveis 97 pontos em um campeonato como a Premier League não se sagrar campeão pode parecer uma loucura, mas vem sendo a realidade recente da liga nos últimos anos. Com um ponto a menos e apenas uma derrota durante as 38 rodadas disputadas na competição, o Liverpool perdeu a chance de levantar a taça e viu o troféu ficar nas mãos do Manchester City.

Na partida de hoje, após o time do Noroeste da Inglaterra baterem o bom time do Wolverhampton por 2 a 0 e se esforçar para “secar de todas” as maneiras o City contra o Brighton, a sorte até esteve do lado dos Reds por alguns minutos, mas depois os gols do campeão saíram e o Liverpool praticamente se conformou com o dramático final. No final, o time de Manchester virou, fez 4 a 1 fora de casa e acabou com o sonho dos fanáticos torcedores do Liverpool.

Klopp, em sua entrevista coletiva pós-jogo, frisou em que pontos seu time pecou durante a temporada e tentou explicar o “poderio” da equipe de Guardiola nos últimos anos.

“Não, não estou preocupado. É assim. Na próxima temporada vamos jogar uma temporada diferente, isso já está claro. Contanto que o City esteja por perto com a qualidade que eles têm e o poder financeiro e todas essas coisas, não é que qualquer outro time irá passá-los facilmente.”

Um pouco “sem acreditar” que é possível bater a marca de 90 pontos e ainda assim não ser o campeão nacional, o alemão complementou:

“Precisamos estar muito, muito perto da perfeição para vencer a Premier League, desde que isso aconteça. [..] Nós demos passos incrivelmente grandes e eu realmente espero que mais venha, essa é a verdade.”

A partida contra os Wolves foi curiosa por diversos motivos, entre eles pela forma frenética como os torcedores do Liverpool agiam nas arquibancadas no início do jogo, principalmente quando as duas partidas em jogo não estavam definidas. Sobre isso, o treinador disse:

"É difícil preparar uma equipe para uma situação como essa [...] Nós jogamos e fomos ditados pela torcida. Portanto… como manter a calma?", indagou.

O que fica claro para Klopp, dessa forma, é que o exterior influenciou diretamente dentro das quatro linhas. Apesar de tudo, o Manager viu uma boa partida contra o time de Nuno Espírito Santo.

"O desempenho de hoje foi outra coisa importante em circunstâncias muito difíceis, já que nós vencemos contra um time muito forte do Wolverhampton, por 2 a 0, e é impressionante novamente (o feito da equipe)”, finalizou.

VAVEL Logo