Wolverhampton desafia multicampeão Sevilla por vaga às semis da Europa League
Jogadores do Sevilla treinando no CT do Dussëldorf. (Foto: Divulgação/Sevilla)

Na partida que irá definir quem avança rumo ao título da Europa League, o Wolverhampton, brigando por uma campanha histórica, enfrenta o Sevilla, maior campeão da competição. O jogo das quartas de final será único, sem ida ou volta e vai ser realizado no MSV-Arena, estádio do Duisburg, às 16h, terça-feira (11).

Os clubes vão decidir entre si quem irá acompanhar os times que se classificaram e já estão garantidos nas semifinais. Tratam-se do Manchester United, que eliminou o Copenhagen por 1 a 0, e Inter de Milão, que deixou o Bayern Leverkusen para trás pelo placar de 2 a 1, tendo ainda o confronto entre Shakhtar e Basel para ser jogado.

 Wolverhampton busca título inédito

Com a Premier League finalizada, os Wolves vão em busca do título inédito para se garantir em uma competição internacional - a Champions League, no ano que vem. Isto porque o clube terminou o campeonato no sétimo lugar, com 59 pontos, batendo na trave em terminar na zona de classificação à Europa League da próxima temporada. 

Na competição internacional, o clube passou da fase de grupos sem sufoco, em segundo lugar no Grupo K com 13 pontos.

Nos 32 avos de final, eliminou o lanterna de LaLiga, o Espanyol, por um agregado de 6 a 3 tendo vencido a partida de ida por 4 a 0. Já nas oitavas, o passaporte para à semi-final após 48 anos, foi a eliminação do clube grego Olympiacos graças ao gol de Raúl Jimenez na volta, selando a soma dos placares por 2 a 1. 

O técnico português Nuno Espírito Santo, falou sobre o seu projeto de três anos à frente do clube.

“Tem sido uma longa jornada, não só nesta temporada. Uma longa jornada que começou há três temporadas no Campeonato. É basicamente o mesmo grupo de jogadores. Tratava-se de tentar construir uma equipe, criar uma identidade, e esperamos amanhã para competir bem e fazer um bom jogo.“

O comandante também ressaltou a qualidade do adversário e garantiu uma boa atuação do seu clube no confronto, confirmando o compromisso do elenco com a competição.

“É uma equipe muito boa e um adversário difícil. Bons jogadores, um bom treinador, grande, grande desafio para nós amanhã. Agradável ou não, não posso imaginar, mas estamos comprometidos com isso, então vamos jogar e jogar bem.“

Provável escalação do Wolverhampton (3-4-3): Rui Patrício; Boly, Coady, Saiss; Doherty, Rúben Neves, João Moutinho, Rúben Vinagre; Adama Traoré, Podence e Raúl Jiménez.

Maior campeão busca ampliar hegemonia 

O Campeonato Espanhol já teve sua temporada finalizada e o Sevilla terminou a temporada com 70 pontos, ficando em quarto lugar, com os mesmos pontos do Atlético de Madrid. Além disso, o time da cidade de mesmo nome, Sevilha, ficou dez pontos na frente do Villarreal, assim indo para a Champions League com folga.

O maior campeão da Europa League, com cinco troféus conquistados, sendo três deles de forma consecutiva em 2013-14, 14-15 e 15-16, se classificou em primeiro lugar vencendo cinco dos seis jogos no Grupo A.

Na fase 16 avos de final, os rojiblancos eliminaram o Cluj, campeão eomeno, pelo critério do gol fora em agregado de 1 a 1. Nas oitavas, já em partida única o clube espanhol se impos frente a Roma e venceu por 2 a 0 com gols de Reguilon e En-Nesyri.

O técnico da equipe, Julén Lopetegui e comentou sobre o estilo de jogo rival: “Roma e Wolves não são nada parecidos. Eles são totalmente diferentes em termos de jogo. O Wolves tem excelentes jogadores de futebol, joga da mesma forma a muito tempo, são muito sólidos. “

Provável escalação do Sevilla (4-3-3): Bounou; Jesús Navas, Diego Carlos, Koundé e Reguilón; Fernando, Jordán e Banega; Suso, Ocampos e En-Nesyri.

VAVEL Logo