Real Madrid bate Manchester City em virada espetacular e vai à final da Champions League
Foto: Digulvação/Real Madrid

Com uma grande festa da torcida Madridista no Santiago Bernabéu, Real Madrid venceu o Manchester City de virada nesta quarta (4) por 3 a 1, pelo jogo de volta da semifinal da Uefa Champions League, garantindo sua vaga para a final pela 17ª vez na sua história. No jogo de ida, o time do Carlos Ancelotti perdeu por 4 a 3, mas não se intimidou com o placar e venceu a partida de hoje, no agregado ficou 6 a 5 para o espanhol. No lado do Real Madrid, Rodrygo marcou duas vezes e o Benzema uma. Pelo lado do Manchester City, Mahrez marcou o único gol da equipe.

Antes da bola rolar, a tão disputada taça da Champions League, a orelhuda, foi exibida no Santiago Bernabéu.

Primeiro tempo equilibrado

A partida começou bastante equilibrada, Real Madrid entrou em campo buscando jogadas rápidas, aproveitando jogadores como o Vinicius Júnior, mas as melhores oportunidades saíram dos pés dos jogadores do Manchester City. Estava claro o nervosismo dos Merengues, já que não acertaram um chute no gol do goleiro Ederson no primeiro tempo inteiro, foram 6 finalizações, mas todas para fora. A primeira parte do tempo regular não teve muito emoção, como uma partida como essa deveria ter.

Um raio que mudou a partida

O segundo tempo já começou com uma grande jogada ensaiada na saída de bola do Real Madrid, Carvajal cruzou da direita para área, mas o Vinícius Junior desperdiçou uma chance clara de gol. O time do Carlos Ancelotti retornou com outra postura em campo e com isso o Manchester City, vendo o perigo que corria, começou a valorizar mais a posse de bola para evitar uma reação dos donos da casa e o Real pressionando a marcação no campo de ataque, esperando um erro para poder atacar, mas não estava tão fácil, com a marcação forte do time do Guardiola.

O jogo seguiu no 0 a 0 em boa parte do segundo tempo, dando vantagem aos Cityzens. E aos 27 minutos de jogos, após uma bola recuperada do City, se iniciou uma transição ofensiva, Bernardo Silva recebeu a bola no meio, avançou com tranquilidade até tocar para Gabriel Jesus e o brasileiro deixou a bola passar, com isso Mahrez chega mandando um chute de primeira, sem chances para o Courtois.

Depois do gol, parecia que a classificação do time inglês estava certa, mas uma substituição que o Ancelotti fez nesse segundo tempo, mudou a partida completamente na reta final jogo. E aos 44, o volante Camavinga, que também entrou esse segundo tempo, levantou a bola para o Benzema, que escorou para o Rodrygo marcar o gol empatando a partida, mas mesmo assim a vaga ainda era do Manchester City. Sem tempo para respirar, nos 46 minutos, já nos acréscimos da partida, o raio atingiu Santiago Bernabeu e após um cruzamento de Carvajal, Rodrygo sobre na pequena área e cabeceia direto para o gol e marca mais uma vez, virando a partida. 

Prorrogação emocionante

Com o placar de 2 a 1, a partida foi para a prorrogação e a torcida Merengue começou a fazer festa, empurrando seu time, e logo aos dois minutos da prorrogação, Rúben fez uma falta desnecessária em cima do Benzema na área e o juiz marca pênalti. Benzema, artilheiro dessa edição da Champions League cobra o pênalti no canto esquerdo e marca o terceiro do Real Madrid.

O francês chega a 15 gols nessa edição da Champions League e entrou para história como o jogador que mais marcou gols no mata-mata em uma edição de Champions League ao lado do Cristiano Ronaldo com 10 gols.

Após o gol, City manteve a posse e começou a buscar espaços na área do Real Madrid, o time não se entregou mesmo com vaias da torcida dos donos da casa. E no segundo tempo da prorrogação, continuou tentando colocar a bola na área, mas sem sucesso. Sem mais chances para o Manchester City, o juiz apita o fim do jogo e garante o Real Madrid na final da Champions League.

Carlo Ancelotti entrou para história ao se tornar o primeiro treinador a chegar em cinco finais da Champions League.

Final decidida

Com a vitória de virada, Real Madrid chega na final da Champions League pela 17ª vez na sua história e irá enfrentar o Liverpool.

O Merengue é o time que mais venceu o torneio, são 13 títulos conquistados, o último ano que venceu foi na edição de 2017/18, contra o adversário da final dessa edição, a partida ficou 3 a 1 para o Real. Mas essa não foi a primeira vez que os times se encontram na final da Champions League, na edição 1980/81, foi o primeiro embate entre eles, e nessa, o Liverpool se saiu melhor e venceu por 1 a 0.

A grande final entre Real Madrid e Liverpool será dia 28 de maio, às 16h, no State de France.

 

VAVEL Logo