Para garantir a volta à Série A, Botafogo recebe Operário com torcida
em peso
Foto: André Jonsson/OFEC

Valendo o retorno à elite do futebol brasileiro em caso de vitória, o Botafogo recebe o Operário nesta segunda-feira (15) às 16h pela 36ª rodada da Série B do Brasileirão 2021. O jogo decisivo acontece no Nilton Santos, que terá pelo menos dois setores do estádio com capacidade máxima de torcedores.

Pelo primeiro turno da competição, os paranaenses levaram a melhor em casa: vitória por 1 a 0 sobre os cariocas. Paulo Sérgio fez o único gol do jogo, no início da primeira etapa, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Glorioso conta com Chay para retornar à elite antecipadamente

O Botafogo pode, enfim, carimbar sua volta à Série A do Campeonato Brasileiro para a temporada 2022, ainda com a presença em peso da torcida. A festa vai ocorrer caso o time de General Severiano, vice-líder com 63 pontos, vença a partida em casa. Isso porque o quinto colocado Goiás pega o terceiro lugar Guarani em uma das duas últimas rodadas, confronto direto por apenas uma vaga de acesso.

Se conquistar os três pontos, o Glorioso vai também retomar a liderança da Segundona, a qual vem alternando com o hoje líder Coritiba, que venceu na rodada e possui um ponto a mais. Um empate também devolve o primeiro lugar à equipe carioca pelo saldo de gols. São sete jogos de invencibilidade, somando quatro vitórias e três empates. Na última partida, um 0 a 0 com a Ponte Preta fora de casa.

Enderson Moreira terá o retorno de duas importantes peças ao time titular: o capitão Carli no setor defensivo e o destaque Chay no ofensivo. Enquanto o primeiro volta após cumprir suspensão, o segundo está recuperado de lesão no tornozelo que o tirou dos últimos compromissos alvinegros. O técnico pode promover mais uma mudança em relação à equipe que começou contra a Ponte: Hugo pode reassumir a lateral esquerda no lugar de Carlinhos, que deve ser poupado.

Provável escalação do Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges, Carli, Kanu, Hugo; Pedro Castro, Luís Oyama; Marco Antônio, Chay, Diego Gonçalves; Rafael Navarro.

Fantasma aposta em bom retrospecto recente para surpreender

Praticamente garantido na segunda divisão para a próxima temporada, após atingir os desejados 45 pontos de quem não quer ser rebaixado, o Operário ocupa a 12ª posição, a sete pontos do Brusque, time que abre o Z-4 e que será o penúltimo adversário dos paranaenses. Portanto o Fantasma entra em campo no Rio de Janeiro podendo eliminar de vez qualquer chance matemática de descenso.

E, além de aliviado pela pontuação conquistada, o time do Paraná vai ainda com o ânimo pelas últimas apresentações: teve somente uma derrota nos últimos seis jogos, além de três vitórias e dois empates. Na rodada anterior, 2 a 1 sobre o Remo em casa.

Ricardo Catalá não poderá contar com uma lista de nomes: Rafael Bonfim, Tomas Bastos, Leandrinho, Jean Carlo, Djalma Silva, Pedro Ken e Reniê estão lesionados, enquanto Simão e Rodolfo Filemon seguem em transição. Por outro lado, o comandante terá as voltas de Leandro Vilela e Alex Silva.

Provável escalação do Operário: Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão, Odivan, Fabiano; Leandro Vilela, Rafael Chorão, Marcelo; Thomaz, Paulo Sérgio, Felipe Garcia.​

VAVEL Logo