O Atlético-MG voltou a vencer no Campeonato Mineiro. Após a derrota no clássico diante do Cruzeiro, o alvinegro se recuperou e conquistou o seu primeiro triunfo como visitante em cima do Athletic por 2 a 0, com dois gols do atacante Hulk, em jogo válido pela quarta rodada da competição.

Com o resultado, o Galo chegou aos seis pontos, e ocupa a segunda posição no Grupo B, atrás do Villa Nova,, que lidera com sete pontos e empatou em casa diante do Ipatinga por 3 a 3.

Apesar da atuação abaixo do esperado, a equipe saiu com a vitória graças ao talento de Hulk, que resolveu a partida com um gol de pênalti e outro de falta. Ao fim da partida, o volante Battaglia comentou sobre as dificuldades durante os 90 minutos.

“Foi um jogo difícil. O campo era um pouco complicado, com medidas diferentes, mas a gente trabalhou bem e conseguimos a vitória, que era o mais importante para continuar a nossa caminhada”.

Na entrevista coletiva, o treinador Luiz Felipe Scolari exaltou o triunfo e a importância dos três pontos na briga por uma vaga nas semifinais do estadual. 

“Perdemos dois jogos que não estavam na nossa ideia de pontuação inicial, e vencer hoje foi muito importante. Perder um clássico e ter o Athletic para jogar depois é difícil. Agora temos uma semana para trabalhar e pensar no próximo jogo e ver o que a gente pode fazer”. 

Felipão também elogiou a partida do volante Battaglia pela entrega nos 90 minutos e do meia Patrick e falou sobre a busca pela formação ideal do time titular para a sequência da temporada.

“No ano passado, nós levamos 8 jogos para encontrar a formação que iríamos complicar os adversários e, depois daquilo, conseguimos ter um esboço muito bom. E eu acho que vamos ter um esboço de uma equipe muito boa, competitiva e brigando por uma coisa a mais, pode ser daqui 15 dias.”

O técnico atleticano comentou sobre a substituição de Gustavo Scarpa no começo da segunda etapa e revelou o tempo mínimo que o zagueiro Mauricio Lemos e o meia Zaracho devem ficar no departamento médico.

“O Scarpa colocou a mão na coxa e eu fiquei com medo. Eu já tenho dois jogadores que vão ficar, minimamente, 30 dias fora, então não posso perder jogador, e a gente vai fazendo aquilo que mais ou menos se imagina”.

  • Sequência no estadual

O Atlético-MG volta a campo na próxima quarta-feira (14), quando enfrentará o Tombense, às 20h, na Arena MRV. O duelo ganha contornos decisivos na briga por uma vaga na semifinal, já que a equipe de Tombos conquistou oito pontos até aqui e briga pela liderança do Grupo A.