Arthur Cabral marca, Fiorentina frustra Napoli e vence fora de casa
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

Napoli entrou em campo sonhando com a liderança, mas acabou derrotado pela quinta vez em casa nesta edição da Serie A. Diante de mais de 50 mil pessoas no estádio Diego Armando Maradona,Fiorentina venceu por 3 a 2 neste domingo (10) e chegou ao quinto jogo sem derrota na temporada. Nico González, Ikoné e Arthur Cabral marcaram para a Viola. Mertens e Osimhen fizeram para os donos da casa.

Viola larga na frente

O Napoli começou a partida pressionando e rondando a área da Fiorentina. O número de finalizações foi igual para os dois times - seis -, mas os partenopei tiveram alguns momentos em que cercaram, mas acabaram não conseguindo finalizar.

Aos 7, após cruzamento de Insigne, Osmihen desviou de cabeça no contrapé do goleiro, mas à direita do gol. O nigeriano ainda chegou a marcar antes dos 20, porém, estava impedido.

O ímpeto inicial, porém, não se manteve. A Fiorentina manteve a postura e a paciência para trocar passes, terminando a temporada com mais posse de bola que o Napoli. Aos 16, González, o jogador mais ativo e criativo da Viola no primeiro tempo, trouxe da direita para o meio e abriu para Biraghi, que apareceu com espaço e chutou forte, mas parou em Ospina.

Já aos 28, depois de jogada que começou desde o campo de defesa, Biraghi escapou pela esquerda e cruzou na área. Duncan ficou com a bola, botou no meio e, após bate-rebate, Nico González chutou forte e mandou para o fundo das redes, abrindo o placar para a Viola.

O Napoli não conseguiu pressionar na reta final e teve apenas uma chance clara até o intervalo, aos 34 quando Mário Rui aproveitou lambança de Venuti e saiu livre dentro da área pela esquerda, mas chutou forte demais, sobre o gol.

Fiorentina é fatal

Para o segundo tempo, Luciano Spalletti trocou Politano por Lozano, que foi bem mais participativo. O Napoli voltou pressionando e criando chances em sequência e conseguiu sonverter uma delas aos 12. Osimhen escapou pela esquerda e tocou para entrada da área, onde Mertens apareceu livre e chutou rasteiro no canto direito: 1 a 1.

Empurrado pela torcida, o Napoli chegou em cima e parecia cada vez mais perto da virada. Vincenzo Italiano colocou Maleh e Ikoné para tentar uma nova postura na Viola e, poucos minutos após mudar o time, teve um resultado rápido.

Aos 21, após ação pela direita, González virou para o outro lado e Ikoné, que tinha acabado de entrar, dominou e chutou cruzado para marcar pela primeira vez com a camisa viola e recolocar os visitantes à frente. Dois minutos depois, outro gol do Napoli foi anulado por impedimento, de Lozano.

Abalado pelo gol, o Napoli viu a Fiorentina ampliar cinco minutos após sofrer o segund gol. Em escapada pela direita, Arthur Cabral deixou Mário Rui no chão, invadiu a área e bateu colocado no canto para ampliar o placar em Nápoles.

A desvantagem de dois gols desestimulou a torcida e deixou o Napoli cada vez mais impreciso. A Fiorentina administrou bem o placar e sofreu pouco, mas, em uma escapada, os mandantes conseguiram descontar. Aos 38, Osimhen recebeu ótimo lançamento dentro da área, dominou no peito e chutou forte para vencer Terracciano.

Apesar do gol sofrido, a Fiorentina não se desestabilizou e, sem dar chances para o Napoli nos acréscimos, garantiu o triunfo fora de casa. Esta foi a segunda vitória da Viola em Nápoles na temporada - a primeira foi por 5 a 2, após prorrogação, nas quartas da Copa da Itália.

Classificação e próximos compromissos

A derrota mantém o Napoli na terceira colocação, com 66 pontos, um atrás do líder Milan, que ainda joga na rodada. Já a Fiorentina ultrapassa a Atalanta e assume a sétima colocação, dentro da zona de classificação para competições europeias, com 53 pontos.

O Napoli volta a campo na segunda-feira (18) diante da Roma, novamente em casa, às 14h. A Fiorentina joga no sábado (16) contra o Venezia, em Florença, às 11h30. Partidas no horário de Brasília.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo