Hulk faz dois, Atlético-MG cresce no segundo tempo e vence América de Cali
Hulk marcou dois gols para o Atlético-MG (Foto: Divulgação/Conmebol)

Com dois gols de Hulk no segundo tempo, o Atlético-MG venceu o América de Cali, por 2 a 1, e conquistou a primeira vitória no Grupo H, da Copa Libertadores, na noite dessa terça-feira (27). O gol do adversário também foi na etapa final, com Luis Sánchez, depois de uma falha de Tchê Tchê no campo de defesa.

- Gols e melhores momentos de Atlético-MG 2x1 América de Cali pela Copa Libertadores 2021

Galo começa mal, mas evolui na metade da etapa

Como nos últimos jogos, o Galo iniciou o jogo perdido e ineficiente em campo. Entretanto, conseguia manter o controle de bola, pois o América de Cali também não conseguiu produzir nada.

A situação de maior perigo do alvinegro foi ocorrer apenas aos 23 minutos, quando Arana desviou, de cabeça, uma bola levantada para a área em cobrança de falta fechada.

Depois disso, o Atlético-MG cresceu na partida e teve as melhores chances, principalmente, em sobras de cobranças de falta em direção à área. A equipe colombiana, encurralada, cometia várias infrações.

Em duas dessas jogadas, o Galo quase marcou em chutes perigosos de fora da área de Keno e Tchê Tchê. No primeiro, o goleiro Graterol fez grande defesa e, na segunda, a bola não entrou por pouco.

O América de Cali não conseguiu criar nenhum lance de efeito, e o goleiro Everson praticamente não sujou o uniforme. O time colombiano chegou a ficar 31 minutos sem finalizar.

Hulk faz dois, Nathan é expulso e Galo cresce no 2° tempo

Para o segundo tempo, Hulk entrou na vaga de Vargas. E correspondeu, muito. O camisa 7 jogou de centroavante e comandou o ímpeto do Atlético-MG em grande parte da etapa final. O time, também, conseguiu exibir organização tática e ofensiva, o que não se via nos últimos jogos.

Aos 12 minutos, Hulk sofreu pênalti do goleiro depois de receber uma boa assistência de Nathan. Na cobrança, o próprio Hulk converteu. Quatro minutos depois, Keno achou Savarino dentro da área. Sem equilíbrio, o venezuelano tocou de calcanhar pra trás e encontrou Hulk, que fez o segundo dele no jogo.

O Galo dominava amplamente o jogo. O camisa 7 quase fez hat-trick, numa finalização de cabeça, após um cruzamento, mas o goleiro Gratenol interceptou e evitou uma goleada em outros lances.

Aos 31 minutos, numa falha individual de Tchê Tchê em saída de bola, Luis Sanchéz roubou a bola, avançou e chutou no canto, sem chances para Everson. O Atlético-MG havia diminuído o ritmo na partida minutos antes e, com o gol, o América de Cali ganhou confiança e dominou os minutos finais da partida.

Na maioria das situações, a equipe colombiana quase empatou em chutes perigosos de fora da área - a única forma de ataque encontrada. Os comandados de Cuquinha sentiram pressão do Diablo Rojo, mas conseguiram suportar.

Aos 48 minutos, Nathan cometeu falta dura e foi expulso depois de se envolver numa confusão.

O que vem por aí

A vitória colocou o Galo momentaneamente na liderança, com seis pontos, podendo ser ultrapassado caso o Cerro Porteño vença o Deportivo La Guaira nesta quarta-feira (28). O time colombiano é o lanterna na tabela, com nenhum ponto somado.

Pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG volta a campo no sábado (1°), contra a Tombense, fora de casa. Pela Libertadores, o próximo jogo é no dia 4 de maio, com o Cerro Porteño, no Mineirão.

Já o América de Cali tem compromisso sério também no sábado, com o Millonarios, pelo segundo jogo das quartas de final da Primera A Apertura.

Pela Libertadores, o próximo desafio será com o Deportivo La Guaira, na Venezuela, no dia 6 de maio.

VAVEL Logo