Após uma eliminação dolorosa na Copa do Brasil, o Cruzeiro voltou aos gramados com força neste domingo (25). O Pouso Alegre encontrou o Cruzeiro no Parque do Sabiá, na cidade de Uberlândia. A equipe celeste vence o Pouso Alegre por 2 a 0 em partida válida pela pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro, com a arbitragem de Ronei Cândido Alves.

 A Raposa conquistou além dos três pontos, conseguiu garantir uma vaga nas fases eliminatórias da competição com a posição de líder do Grupo A, somando 16 pontos.

Primeiro tempo com gols da Raposa:

Logo aos 2 minutos, o Cruzeiro toma um susto quando Gabriel Neto, do Pouso Alegre, acertou a trave de Rafael Cabral. Aos 29 minutos, o Cruzeiro abriu o placar com um chute de William, que aproveitou o cruzamento de Marlon.

A bola foi desviada no jogador Vinício, do Pouso, e o gol foi contabilizado como contra. Aos 40 minutos, Dinenno ampliou a vantagem da Raposa, com uma boa jogada que iniciou com William. Antes do intervalo, Vinício, do Pouso Alegre, foi punido com cartão amarelo por uma falta em William.

Segundo tempo com pênalti e defesas:

Na volta do intervalo, o Cruzeiro teve a oportunidade de ampliar ainda mais a vantagem aos 4 minutos, quando Matheus Pereira foi derrubado na área e o pênalti foi marcado. Matheus não bate muito bem e o goleiro Thiago Braga defendeu o pênalti.

O time belo-horizontino continuou pressionando e teve várias grandes oportunidades, como um chute de Zé Ivaldo que acertou o travessão aos 15 minutos. Aos 24, Robert recebe a bola na área, chuta com perigo, mas a bola é desviada após bater em Magno.

Nos 41 minutos, o meio-campista cruzeirense Mateus Vital, chuta para o gol, Thiago Braga dá rebote e Vital tem a oportunidade de ampliar com o goleiro adversário no chão, mas isolou a bola. Nos instantes finais da partida, aos 52, Rafael Cabral defende a tentativa de Pedro Henrique.