No segundo clássico estadual disputado no Campeonato Mineiro de 2024, o Atlético-MG sofreu contra o América-MG e, por muito pouco, não saiu de campo derrotado. A equipe buscou o empate por 1 a 1 no último lance da partida, com gol marcado por Rubens.

Apesar das mudanças promovidas com a entrada de Alisson no time titular no lugar de Edenilson, a torcida atleticana ficou na bronca com o técnico Luiz Felipe Scolari, por mais uma atuação abaixo do esperado.

Na primeira etapa, o alvinegro finalizou apenas uma vez a gol e viu o Coelho abrir o placar com Matheuzinho. No segundo tempo, Felipão deu oportunidades para jogadores mais experientes, como Eduardo Vargas e Edenilson, além de Rubens e Pedrinho.

Ao fim da partida, o autor do gol do Galo comentou sobre a partida e as dificuldades encontradas pela equipe, principalmente na primeira metade do confronto. 

“Creio que a gente fez um primeiro tempo um pouco abaixo do que é esperado. O time deles tem muita qualidade, está invicto. A gente sabia da importância do jogo, porque ainda não estamos classificados”.

Mesmo não conquistando o triunfo, Rubens exaltou o ponto conquistado fora de casa.

“Viemos focados para tentar conseguir a vitória, mas infelizmente não foi o que aconteceu. A gente voltou pro segundo tempo bem ligado, fizemos um segundo tempo bem acima do deles. Merecíamos a vitória, o goleiro deles fez três defesas impecáveis. Então, se a gente não pode ganhar, a gente não vai perder”.

Na entrevista coletiva, Felipão respondeu sobre a cobrança do torcedor em relação ao desempenho em campo e fez uma avaliação positiva do elenco.

“Nós estamos melhorando. Temos um excelente time e sabemos disso, mas a gente vai arrumando e ajeitando, porque tem outras características. O nosso time do ano passado não tinha um ponta no estilo do Alisson e um meia no estilo do Scarpa. As características vão se ajeitando”.

Quando foi outra vez questionado a respeito das críticas recebidas por parte da torcida no estádio, o treinador recordou o episódio ocorrido no desembarque do elenco após a vitória sobre Itabirito na rodada passada.

“Os torcedores pagaram (o ingresso), eles fizeram a parte deles. Escolham o que vão dizer a mim, eles pagam pra isso. Quando não pagam pra isso, eu não aceito. Quando eu sou uma pessoa fora de campo, eu não aceito. Aqui, aceito qualquer coisa, fora de campo eu não aceito”.

  • Situação no campeonato e próximo próximo compromisso

Com o empate diante do América-MG e a derrota do Villa Nova para o Tombense, o Atlético-MG segue na liderança do Grupo B com 11 pontos. Porém, a vaga para as semifinais ainda não está assegurada, e a equipe não tem mais chances de alcançar a melhor campanha geral.

Na última rodada da primeira fase do estadual, o Galo vai receber o Ipatinga na Arena MRV no próximo sábado (2), às 16h30. Em caso de vitória, o alvinegro confirma a classificação para a fase seguinte.