Alívio financeiro: Fluminense recebe mais de R$ 60 milhões em venda de jogadores e cláusulas
Foto: Divulgação Everton

O Fluminense passa por uma grave crise financeira desde o começo da gestão de Pedro Abad em 2017. As dívidas são tão grandes que no início da atual temporada, a diretoria tomou a decisão de dispensar oito jogadores que tinham salários que não eram mais compatíveis com o orçamento do Tricolor. Entre eles nomes como Diego Cavalieri e Henrique, titulares absolutos na temporada passada.

+ Apresentado, Bryan Cabezas rasga elogios à torcida do Fluminense: ''Fiquei encantado''

No fim de maio, o Flu divulgou o balanço referente ao ano de 2017 com um déficit de R$ 67,869 milhões. Agora, o déficit chega a um acumulado de R$ 468,974 milhões, situação que torna a administração inviável fora do mundo do futebol, haja vista que o patrimônio tricolor não chega a R$ 300 milhões.

Dentro dessas dificuldades, a venda de jogadores é o principal trunfo do Fluminense para conseguir sanear aos poucos suas dívidas e ainda qualificar seu elenco que não é mais estrelado como em alguns anos atrás. Nessa linha, o Flu já lucrou mais de R$ 60 milhões entre transferências, mecanismo de solidariedade da Fifa e cláusula de contrato de jogares negociados anteriormente. 

Na temporada de 2018Wendel (23,3 milhões), Henrique Dourado (8 milhões) e Douglas (4,6 milhões) são alguns dos jogadores que se transferiram do clube. Além disso, na última semana o Everton acertou a contratação de Richarlison por 40 milhões de libras. Na venda ao Watfford, o Flu conseguiu uma cláusula que teria direito a 10% da diferença de quando o atacante fosse negociado pelo clube inglês. 

Pedro Abad tem enfrentando dificuldades com as contas do Tricolor (Foto: Nelson Perez/Fluminense)
Pedro Abad tem enfrentando dificuldades com as contas do Tricolor (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Alguns desses valores já foram usados para regularização de salários atrasados, caso da venda de Wendel ao Sporting em janeiro, quando a diretoria corria contra o tempo para não chegar aos três meses de vencimentos atrasados. 

Todo esse montante fez o clubes respirar em relação ao lado financeiro e conseguir ir ao mercado para realizar contratação, a grande maioria por empréstimo ou sem custos. Mesmo assim, o clube ainda vem jogadores do atual elenco despertando o interesse de clubes europeus: Pedro é a bola da vez. Nesta semana, Pedro Abad recusou uma proposta do Bordeaux, da França, no valor de R$ 39 milhões de reais pelo centroavante.

+ Pedro desperta interesse europeu e Fluminense recusa primeira proposta pelo centroavante

Apesar disso, é bem provável que o Flu segure o jogador mais tempo no Brasil apostando em uma valorização em caso de convocação para a Seleção Brasileira

Com 21 pontos, o Fluminense ocupa a nona colocação do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (28), enfrenta o Ceará, no Estádio Presidente Vargas, pela 16ª rodada do Brasileirão. Você pode acompanhar todos os lances da partida no tempo real da VAVEL Brasil.

Confira os valores que o Flu lucro em 2018

Wendel  R$ 23,3 milhões VENDA 
Dourado R$ 8 milhões  VENDA 
Luan Peres R$ 2,1 milhões  VENDA
Douglas R$ 4,6 milhões  VENDA
Fabinho R$ 2 milhões MECANISMO SOLIDARIEDADE FIFA
Marlon R$ 1,9 milhões  MECANISMO SOLIDARIEDADE FIFA
Richarlison R$ 19 milhões  CLÁUSULA CONTRATO WATFORD

 

VAVEL Logo