Pela quarta vez em 2023, Corinthians e Atlético-MG se enfrentam, desta vez em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo de opostos na tabela de classificação será às 19h, na Neo Química Arena.

Donos da casa, o time do Parque São Jorge tenta se afastar da zona de rebaixamento e se recuperar do revés sofrido no último domingo contra o RB Bragantino, quando foi derrotado por 1 a 0.

Em 13º lugar com 40 pontos, o Timão está apenas três pontos à frente do Cruzeiro, primeiro time da zona de rebaixamento. Segundo o Departamento de Matemática da UFMG, o clube paulista tem 9,3% de chances de cair para a segunda divisão.

Do outro lado, o Galo busca se firmar no G-6 e entrar na briga pelo título brasileiro. Na rodada anterior, o alvinegro perdeu a chance de se aproximar do líder Botafogo ao empatar por 1 a 1 contra o América-MG.

Sexto colocado com 53 pontos, o Atlético-MG tem 87,8% de chances de garantir a vaga para a Libertadores. Em caso de vitória, a classificação estará mais próxima, principalmente após o tropeço do Athletico-PR contra o Fortaleza.

Já na briga pela taça de campeão, a possibilidade é de apenas 0,75%. Porém, se vencer o Corinthians e o Botafogo perder para o Grêmio, a diferença para o primeiro colocado cairá para apenas três pontos.

  • Campanha do Timão em casa

Apesar de ter apenas uma derrota como mandante, o desempenho do Corinthians em seus domínios preocupa a torcida. Até aqui, foram 27 pontos conquistados na Neo Química Arena, um aproveitamento de 56,2%.

O Timão é o clube que mais empatou em casa no Brasileirão, com nove partidas que terminaram em igualdade no placar. Desses resultados, três foram contra times do G-6 (Grêmio, Palmeiras e Flamengo).

No último jogo em casa, a equipe paulista venceu o Athletico-PR e quebrou uma série de três empates seguidos. Agora, diante do Atlético-MG, os comandados por Mano Menezes buscam o segundo triunfo seguido em seus domínios, algo que não acontece desde agosto.

  • Desempenho como visitante é o grande trunfo alvinegro

Dono da segunda melhor campanha fora de casa do Brasileirão, o Galo busca ampliar a série invicta longe da Arena MRV. Até o momento, são cinco partidas sem derrota, com três vitórias e dois empates.

Por outro lado, o desempenho atleticano contra as equipes que brigam contra o rebaixamento é o grande calcanhar de Aquiles em 2023. Dos 13 jogos contra os times que estão entre o 13º e 20º lugar, foram quatro vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Em busca de abrir seis pontos para o Athletico-PR, concorrente direto na briga por uma vaga na Libertadores, o Galo busca quebrar a sequência ruim diante dos clubes da parte de baixo da tabela.

  • Histórico do confronto

Corinthians e Atlético-MG já se enfrentaram 84 vezes em competições oficiais. O Timão leva vantagem, com 36 vitórias contra 28 do clube mineiro, além de 20 empates, algo que não acontece desde 2017.

Confronto recheado de história, as duas equipes já decidiram título brasileiro, com o time do Parque São Jorge levando a taça em 1999, confronto da Libertadores em 2000, e vaga na Copa do Brasil.

Neste ano, os times se enfrentaram nas oitavas de final da Copa do Brasil, com o Corinthians se classificando após reverter o 2 a 0 do jogo de ida e eliminar o alvinegro nos pênaltis. Agora, o Galo busca se vingar da eliminação com um triunfo logo mais.

  • Timão tem mudanças na defesa

O técnico Mano Menezes contará com o retorno do zagueiro Lucas Veríssimo, que não jogou no último domingo contra o RB Bragantino. Com isso, Bruno Méndez, que formou a dupla de zaga com Gil, deve ser deslocado para a lateral direita, ocupando a vaga de Fágner, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

No meio, Renato Augusto é dúvida para logo mais. O camisa 8 sente dores no ombro, mas mesmo assim deve começar entre os titulares. Caso não tenha condições de jogo, Matias Rojas é o favorito para ocupar a vaga entre os 11 iniciais.

Provável escalação: Cássio; Bruno Méndez, Gil, Lucas Veríssimo e Fábio Santos; Maycon, Fausto Vera, Giuliano e Renato Augusto (Matías Rojas); Romero e Yuri Alberto.

  • Galo tem desfalque de peso e dúvida no meio

Expulso por reclamação na última rodada, o atacante Hulk é a principal ausência atleticana para o duelo desta quinta-feira (9). Com isso, o técnico Luiz Felipe Scolari tem duas opções para o lugar do camisa 7.

Os atacantes Pavón e Alan Kardec são os principais concorrentes à vaga para atuar ao lado de Paulinho. Outra dúvida está no meio de campo. Rubens, que levou oito pontos na cabeça após o clássico contra o América-MG, está entre os relacionados, mas pode ser preservado.

Com isso, Igor Gomes e Pedrinho surgem como alternativas para compor o meio ao lado de Otávio, Alan Franco e Zaracho, com Gomes, bastante utilizado pelo treinador, despontando como favorito a começar entre os titulares.

Provável escalação: Everson; Saravia, Jemerson, Maurício Lemos e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco, Rubens (Igor Gomes ou Pedrinho), Zaracho, Paulinho e Pavón (Alan Kardec).

  • Arbitragem

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC);

Assistente 1: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ);

Assistente 2: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS);

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).