De volta aos Aflitos, Grêmio encara o já rebaixado Náutico para garantir retorno à elite
Treino no estádio do Arruda fechou a preparação para a partida decisiva. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O Grêmio está a uma vitória de garantir o retorno à elite do futebol brasileiro. A confirmação pode vir neste domingo (23) contra o Náutico, às 16h, em um local conhecido dos torcedores gremistas. O estádio dos Aflitos será o palco do confronto que é marcado pela história ocorrida em 2005 entre as duas equipes. 

Na famosa “Batalha dos Aflitos”, o Tricolor gaúcho levou a melhor conquistando a vitória de forma quase impossível. Depois de ter quatro jogadores expulsos ao longo da partida e ter visto o adversário desperdiçar duas penalidades, o gol marcado pela então jovem promessa Anderson calou os torcedores do time pernambucano presentes nas arquibancadas.

Quase vinte anos depois, os dois clubes se encontram em situações completamente diferentes na Série B. Enquanto o Grêmio mira a primeira divisão, o Náutico amarga o rebaixamento para a Série C. Lanterna da competição com 30 pontos, o Timbu viu o descenso ser confirmado na sexta-feira, por conta da vitória da Chapecoense sobre o Tombense por 3 a 2.

A equipe pernambucana busca apagar as más atuações nessa reta final do Brasileirão. Na última rodada, o time foi goleado pelo Novorizontino por 6 a 0. O desafio deste domingo é não deixar o Grêmio assegurar o acesso para a primeira divisão novamente em seu estádio.

Já o Grêmio, que não vence fora de casa desde o dia 5 de agosto, tenta quebrar o jejum sem vitórias como visitante e ser o segundo clube a confirmar o retorno à elite. Os comandados de Renato Gaúcho tem a chance de encerrar o incômodo tabu e voltar para Porto Alegre com o acesso na bagagem. Na rodada passada, a equipe gaúcha empatou com o Bahia por 1 a 1, no confronto direto entre os times do G-4.

  • Como o Náutico vem a campo

O técnico Dado Cavalcanti falou durante a semana sobre escalar o time titular com jogadores que respeitam a camisa que vestem, como um meio de tentar motivar a equipe para a partida, mesmo sem chances de escapar do rebaixamento. O comandante da equipe chamou o confronto contra o Grêmio de “jogo histórico e que vai além da briga ou não pela permanência do Náutico na Série B”.

O time que Dado deve mandar a campo pode ser praticamente o mesmo que jogou na última rodada diante do Novorizontino. Uma das dúvidas é no meio campo. Thomáz e Jean Carlos disputam a vaga no meio de campo.

Provável escalação: Bruno Lopes, Victor Ferraz, Arthur, João Paulo e João Lucas; Djavan, Souza, Richard Franco e Thomáz (Jean Carlos); Everton Brito e Júlio.

Em relação ao time que entrou em campo contra o Bahia, o tricolor gaúcho deve ter duas modificações. O goleiro Brenno, que havia sofrido um corte na orelha, e o zagueiro Kannemann, que estava suspenso, retornam aos 11 iniciais. Além deles, Guilherme deve ganhar uma oportunidade no time titular.

A alteração no ataque se deve por conta da lesão de Biel, líder de assistências da equipe com 5 passes para gol. Com isso, o substituto formará o trio ofensivo ao lado de Thaciano e Diego Souza, artilheiro da equipe com 14 gols.

Provável escalação: Brenno; Edilson, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Villasanti, Bitello e Lucas Leiva; Thaciano, Guilherme e Diego Souza.

  • Arbitragem

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO);

Assistente 1: Cristhian Passos Sorence (GO); 

Assistente 2: Hugo Sávio Xavier Corrêa (GO);

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

VAVEL Logo